Publicado em 26/09/2012 as 12:00am

Brasileiro quer ser a voz da comunidade em Washington

José Peixoto quer ser deputado federal com apenas US$15 mil e sem partido

 

José Peixoto quer ser deputado federal com apenas US$15 mil e sem partido

da redação

Natural de Ipatinga, Minas Gerais, o mineiro José Felix Peixoto, aos 22 anos trabalhou na Usiminas e no ano de 1982 ele apoiou a candidatura de Tancredo Neves (in memorian) para o governo do estado, enquanto que a empresa onde trabalhava defendia a candidatura de Eliseu Resende.

Peixoto vinha de uma família humilde e mesmo precisando do emprego, decidiu agir pela sua própria opinião e defender a livre democracia e o livre arbítrio de escolher seu próprio caminho. Foi então que ele se demitiu e acabou mudando para Brasília para trabalhar no Banco do Brasil.

Ele chegou em Orlando, em 1985, no dia de seu aniversário, 28 de setembro, e tinha no bolso apenas US$500. Logo que aportou nas terras norte-americanas, ainda no aeroporto, conheceu um brasileiro de Teresópolis, e seguiu de trem com ele para New York. No dia seguinte conseguiu uma indicação para o primeiro emprego, trabalhando como engraxate nas ruas novaiorquina, e no primeiro dia faturou US$56.

O sangue político parece estar nas veias de Peixoto, pois hoje, aos 52 anos de idade, ele continua trilhando o caminho da vida pública, só que em um país totalmente diferente de onde nasceu. Ele é candidato a deputado federal pela Flórida e pretende ser a voz dos brasileiros na Câmara dos Representantes em Washington DC.

O brasileiro disputa a vaga, concorrendo pelo Distrito 26 da Flórida, sem filiação partidária e utilizando uma pequena verba de US$15 mil. Peixoto deixa claro que é a hora da comunidade mostrar que é produtiva, tem sua própria cultura e que não pode ficar vinculada apenas a futebol e carnaval. "Temos potencial e podemos ajudar muito no desenvolvimento deste país, mas para isso precisamos ter um representante no Congresso", fala se referindo à comunidade brasileira.

A região pela qual Peixoto é candidato foi incorporada este ano no mapa eleitoral da Flórida e tem cerca de 600 mil eleitores aptos para votarem. Ele disse que está realizando uma campanha modesta, à moda antiga, visitando as pessoas em suas casas, conversando nas ruas e mostrando sua plataforma de trabalho.

Uma das vantagens que pode facilitar a ida do brasileiro para o Congresso é o fato de que alguns de seus adversários poderão ter a candidatura impugnada. É o caso do republicano David Rivera, que é acusado de fraude e diz que tem informações que pode derrubar o democrata Joe Garcia, outro concorrente.

Ele afirma que se ganhar desta vez, não vai desistir da vida política. "Está no sangue", disse.

Para mais informações sobre o brasileiro é só acessar o site www.josepeixotoforuscongress.com

www.josepeixotoforuscongress.com

Fonte: Braziliantimes