Publicado em 5/10/2012 as 12:00am

Brasileiro de Coral Springs é preso acusado de agressão

Ronaldo Melo teria agredido a mulher e tentado estrangulá-la em seguida

Ronaldo Melo teria agredido a mulher e tentado estrangulá-la em seguida

da redação

Um brasileiro de 37 anos e lutador de artes marciais foi acusado pela polícia de agredir violentamente a mulher depois que ela o questionou a respeito do conteúdo de um email.

Ronaldo Varela Melo, morador de Coral Springs, está detido com fiança estabelecida em $75 mil pelo juiz John "Jay" Hurley, do condado de Broward.

De acordo com a ocorrência policial, Ronaldo começou a agredir a mulher, Vivian Heidrich, às 9 PM de sexta (28 de setembro). A agressão supostamente começou depois que Ronaldo chegou em casa, na quadra 9600 Northwest 52nd Place, e viu que a mulher não estava lá. Assim que ela chegou os dois começaram uma briga por causa de um email na conta de Ronaldo, disse a polícia. Foi então que Ronaldo supostamente empurrou a mulher e a atingiu na cabeça com o punho. Em seguida, ele tentou estrangulá-la, de acordo com o relatório policial.

O relatório afirma também que Ronaldo teria ameaçado matar Vivian e jogado a mulher ao chão, aplicando-lhe em seguida chutes nas costelas e socos no estômago. Ele teria ainda ameaçado jogar um ferro de passar na cabeça de Vivian, e ameaçou atirar nela pelas costas caso ela escapasse. Vivian ficou presa no quarto sofrendo as supostas agressões até as primeiras horas da manhã, quando então conseguiu escapar e procurou um hospital.

De acordo com o relatório, Vivian contou à polícia que Ronaldo é faixa-preta de terceiro grau e que tem vasto currículo de lutador profissional no Brasil.

Ronaldo, em sua defesa, disse à polícia que a mulher se machucou quando caiu de uma escada.

Ronaldo foi preso sob várias acusações, incluindo cárcere privado, violência doméstica seguida de estrangulamento e agressão grave. Está detido na Broward County Main Jail, a principal prisão do condado de Broward.

Fonte: acheiusa.com