Publicado em 5/11/2012 as 12:00am

Diretor da MAPS Destaca Sucessos da Agência em Reunião Anual

A Massachusetts Alliance of Portuguese Speakers (MAPS) ajudou mais de 6.500 pessoas da comunidade durante o último ano fiscal e expandiu vários serviços, apesar de cortes profundos no financiamento de outros programas, de acordo com o Diretor Executivo da

da redação

A Massachusetts Alliance of Portuguese Speakers (MAPS) ajudou mais de 6.500 pessoas da comunidade durante o último ano fiscal e expandiu vários serviços, apesar de cortes profundos no financiamento de outros programas, de acordo com o Diretor Executivo da agência, Paulo Pinto.

"Mesmo com a economia ruim e o clima não muito acolhedor para imigrantes, nós concretizamos muitas coisas como resultado de nosso trabalho sério," disse ele a membros e amigos da MAPS na Reunião Anual da organização de serviços sociais e de saúde, realizada no dia 30 de outubro, em Cambridge.

Paulo Pinto contou que o corte de verbas eliminou o Programa de Prevenção ao Câncer de Mama da agência, e diminuiu dramaticamente a capacidade da MAPS de oferecer informações e registros para o seguro de saude MassHealth durante o Ano Fiscal de 2012, que terminou no dia 30 de junho. Mas a agência também ampliou os serviços de Violência Doméstica e Sexual, Assistência à Cidadania, informação e registro de eleitores, entre outros, graças ao apoio do Gabinete Federal sobre Violência Contra as Mulheres, o Fish Family Foundation e outras fontes de recursos. Entre outras realizações, destacam-se:

Organização de um simpósio sobre direitos humanos e qualidade de vida dos falantes de português nos EUA e no Canadá, com apoio financeiro do Governo dos Açores em Portugal;

Aumento da já forte participação da MAPS na campanha estadual do Dia do Laço Branco, organizada pela Jane Doe, Inc., para envolver homens da comunidade no fim da violência contra as mulheres. Este ano, Paulo Pinto foi um dos presidentes da campanha, ao lado de Angelo McClain, Commissário do Departamento Estadual da Infância e Famílias;

Apoio à campanha Salve o Filipe para ajudar Filipe Wolff, um brasileiro de 4 anos que precisa de um transplante de fígado. Atuando como agente fiscal, a MAPS arrecadou quase $100,000;

A MAPS ofereceu uma aula para líderes comunitários sobre como concorrer a cargos públicos, em parceria com o MassVOTE. Paulo Pinto continua a trabalhar com brasileiros, cabo-verdianos, portugueses e outros para que considerem a possibilidade de concorrer a cargos políticos em qualquer nível de governo.

"Hoje temos apenas três pessoas em nossas comunidades que ocupam cargos eletivos nesta região," disse ele, referindo-se à integrante do Comitê Escolar de Somerville M. Teresa Cardoso, o novo vereador de Somerville Tony Lafuente, e a Xerife do Condado de Suffolk Andrea Cabral. "Eu realmente espero ver cada vez mais pessoas em nossa comunidade assumindo esse compromisso público."

Paulo também destacou que a agência mudou seu escritório de Allston para um prédio mais moderno e de melhor acesso, localizado no número 697 da Cambridge St., em Brighton, junto com seus parceiros do Grupo Mulher Brasileira.

A MAPS encerrou o último ano fiscal com um modesto balanco positivo? de $78,000, anunciado pela tesoureira da Diretoria Mary Ann Lomba durante a Reunião Anual. Mas Paulo ressaltou que a organização precisa arrecadar muito mais dinheiro para continuar a oferecer programas vitais na região metropolitana de Boston, em Lowell e no MetroWest.

"Parte de nossa missão é dedicada a construir a auto-suficiência de nossos clientes," ele disse. "Nós, como uma organização, também precisamos nos tornar muito mais auto-suficientes. Nós dependemos muito de financiamentos do governo e, se o dinheiro deixa de chegar, serviços fundamentais serão perdidos."

Ele pediu que os membros e os líderes da comunidade apóiem o Endowment - Fundo Especial de Doações da MAPS, que ele descreveu como a "nossa própria fundação, que pode nos oferecer recursos para manter nossos programas." A MAPS lançou o Fundo Especial de Doações em 1992 com a primeira metade de uma doação de $10,000 feita pelo ex-Presidente da Diretoria Robert J. Perry. Ele aumentou para pouco mais de $200,000 desde então e agora incorpora 14 fundos diferentes, variando de Fundos Gerais da MAPS e Fundos da Diretoria da MAPS a outros fundos que financiam programas da agência e até mesmo bolsas de estudo. Paulo disse que quer comemorar o 10º aniversário do Fundo Especial elevando o montante para $250,000 até o dia 30 de dezembro.

"Bastam apenas $1,000 para iniciar o seu próprio fundo e criar um legado para a sua família ou outro fim," afirmou.

Outros temas da Reunião Anual:

Os membros Paula Coutinho, Carmen P. Medeiros, e Joseph J. Vasconcelos foram eleitos por unanimidade para mais três anos na Diretoria;

A equipe do Programa de Serviços de Violência Doméstica e Sexual emocionou a todos com uma apresentação sobre os sinais de violência sobre como se tornar um "espectador ativo" e prevenir e combatê-la nas comunidades;

Paulo Pinto e a presidente da Diretoria da MAPS Elizabeth Chaves concederam certificados para membros da Diretoria e funcionários por anos de serviços prestados;

Victor Do Couto deixou a Diretoria da organização sob aplausos entusiasmados pelos seis anos em que fez parte do órgão. Antes disso, ele também foi Diretor Executivo da agência por quase uma década, até passar o cargo para Paulo Pinto em 2000. Além disso, trabalhou também por muitos anos como Diretor Executivo da antiga Cambridge Organization of Portuguese Americans—uma das duas organizações que se fundiram em 1992 para criar a MAPS.

A MAPS atende a comunidade desde 1970. Para mais informações, acesse www.maps-inc.org ou ligue para (617) 864-7600.

Fonte: Brazilian Times