Publicado em 9/11/2012 as 12:00am

Consulado está com problemas para emitir passaportes

Em nota divulgada em seu site, o Consulado-Gerald o Brasil em Boston (Massachusetts) informou que está com dificuldades para emitir passaporte e outros documentos. A explicação é que isso está acontecendo devido a alguns problemas técnicos.

DA REDAÇÃO

Em nota divulgada em seu site, o Consulado-Gerald o Brasil em Boston (Massachusetts) informou que está com dificuldades para emitir passaporte e outros documentos. A explicação é que isso está acontecendo devido a alguns problemas técnicos.

Isso está acontecendo desde o dia 29 de outubro e segundo o comunicado, além de passaportes, a emissão outros documentos está com problemas. A equipe de reportagem do Brazilian Times tentou entrar em contato com o órgão para saber que tipo de problema técnico seria este, mas não obtete êxito.

A emissão de passaporte foi limitada a apenas atendimento de caráter emergencial e a quantidade de outros documentos também foi limitada. São eles: procurações públicas com prévio agendamento; certidões de casamento, nascimento e óbito; atestados de vida e residência; legalização de documentos - autorizações de viagem para menores e autorização de Retorno ao Brasil (ARB).

O comunicado não informou quando os problemas serão solucionados e nem quantos brasileiros serão prejudicados com isso.

EXPLICAÇÃO DO MRE

O Ministério das Relações Exteriores informou que está trabalhando junto com a Casa da Moeda para resolver "o mais rapidamente possível" uma falha detectada no chip de identificação de parte dos passaportes brasileiros enviados a postos no exterior.

A previsão do MRE é que a operação de emissão de documentos seja normalizada em 15 dias. De acordo com o ministério, não haverá prejuízo a brasileiros e estrangeiros que necessitem do passaporte para viagens por conta do Natal e férias escolares de fim de ano.

O defeito, informou o Itamaraty, foi identificado em parte de um lote de chips entregue pela empresa responsável por fornecer a capa dos passaportes brasileiros. "A empresa é responsável por ativar o chip, para que o Ministério das Relações Exteriores faça a personalização com os dados dos cidadãos que requerem o documento em postos no exterior", esclarece a nota do MRE.

Ainda segundo o Itamaraty, a Casa da Moeda enviou 8.600 documentos, que estão sendo distribuídos nos postos no exterior onde a necessidade é maior. Todos os passaportes que apresentaram o defeito serão trocados.

Fonte: Brazilian Times