Publicado em 19/11/2012 as 12:00am

Brasileira é presa por golpes em imigrantes

Adriana Ferreira, 48, trabalhava no cartório de registro de veículos de Watertown. De acordo com a reportagem, ela prometia carteiras de habilitação do Estado de Massachussetts em troca de US$ 2 mil (cerca de R$ 4.100)

Adriana Ferreira, 48, trabalhava no cartório de registro de veículos de Watertown. De acordo com a reportagem, ela prometia carteiras de habilitação do Estado de Massachussetts em troca de US$ 2 mil (cerca de R$ 4.100)

da redação

Uma brasileira naturalizada americana foi presa nesta sexta-feira (16) em Watertown, região metropolitana de Boston, em Massachussetts, sob acusação de oferecer carteiras de habilitação para imigrantes ilegais nos EUA em troca de dinheiro. As informações são do site do jornal "The Boston Globe".

Adriana Ferreira, 48, trabalhava no cartório de registro de veículos de Watertown. De acordo com a reportagem, ela prometia carteiras de habilitação do Estado de Massachussetts em troca de US$ 2 mil (cerca de R$ 4.100) e ainda dizia para as vítimas que conhecia agentes da Imigração que poderiam atrasar pedidos de deportação em troca de dinheiro.

Segundo as autoridades americanas, nenhuma carteira de habilitação foi entregue e ela não tinha nenhum contato com a Imigração. Quando as vítimas percebiam que a brasileira não entregaria os documentos, ela ameaçava de denunciá-los.

Segundo o site do jornal americano, Ferreira havia trabalhado antes como balconista na corte municipal de Brighton; emprego que teria usado para projetar uma imagem de pessoa influente.

Adriana era conhecida na comunidade brasileira local como alguém que poderia "dar um jeitinho". Entre 2009 a 2011 chegou a receber US$ 8.600 (cerca de R$ 17.800) de cinco pessoas, embora nunca tivesse entregado a eles documento algum.

Ela deve responder na Suprema Corte de Suffolk pelas acusações de suborno, corrupção e estelionato. Ferreira vinha sendo investigada desde março de 2011.

Fonte: Brazilian Times