Publicado em 23/11/2012 as 12:00am

Corpo de brasileiro chegará ao RS na próxima semana

Translado será pago pelo dono da fazenda onde o brasileiro trabalhava. Família ainda pede ajuda para reembolsar o norte-americano

Translado será pago pelo dono da fazenda onde o brasileiro trabalhava. Família ainda pede ajuda para reembolsar o norte-americano

da redação

corpo do estudante brasileiro Marcelo Rugini, morto em um acidente de avião nos Estados Unidos, foi liberado pelas autoridades americanas e chegará na próxima semana ao Brasil. Segundo a família, o dono da fazenda onde o jovem de 24 anos trabalhava vai custear o traslado ao país. Porém, a família ainda pede ajuda para poder reembolsar o norte-americano. A família do gaúcho é de Multiterno, cidade de 1,7 mil habitantes no Norte do Rio Grande do Sul.

"Já tentamos com a prefeitura da cidade. Ficaram de dar resposta. Ainda não sabemos o valor. O patrão lá vai bancar as despesas, mas depois vamos ter que acertar com ele. Vamos ter que buscar o corpo em Porto Alegre", explicou Vinícius Rugini, primo de Marcelo.

Foi o pai de Marcelo, Armando Rugini, quem pediu ajuda para que a vinda do corpo do filho fosse viabilizada. O agricultor não tem condições financeiras para bancar o transporte do corpo. Uma sobrinha, que mora em Curitiba, vai viajar para os Estados Unidos para agilizar o processo e acompanhar o retorno para o Brasil.

O corpo de Marcelo foi liberado na quarta-feira (21) pelo IML norte-americano. No fim de semana, ele receberá uma homenagem de colegas na Universidade do Maine, onde estudava Agricultura Sustentável. Segundo a família, o corpo deixará os Estados Unidos no início da próxima semana, chegando ao interior gaúcho entre quinta e sexta-feira da próxima semana.

O caso
Marcelo morava há sete anos nos Estados Unidos. O acidente ocorreu no aeroporto regional do condado de Knox, no estado norte-americano do Maine. Marcelo era passageiro de uma aeronave de pequeno porte e, junto com amigos, faria um passeio. Ainda na pista, o Cessna 172 se chocou em uma caminhonete e caiu logo depois da decolagem. Além de Marcelo, dois colegas americanos morreram. O jovem concluiria os estudos no ano que vem. A formatura nos Estados Unidos seria em 11 de maio de 2013.

Fonte: Brazilian Times