Publicado em 30/01/2013 as 12:00am

Brasileira que morou em Framingham (MA) morre na flórida

A valadarense Gláucia Silva, 42 anos, morreu na noite do dia 23, depois de passar alguns dias internato em um hospital localizado na cidade de Sarasota, na Flórida. A internação aconteceu em virtude dela estar sofrendo algumas complicações hepáticas. segu

da redação

A valadarense Gláucia Silva, 42 anos, morreu na noite do dia 23, depois de passar alguns dias internato em um hospital localizado na cidade de Sarasota, na Flórida. A internação aconteceu em virtude dela estar sofrendo algumas complicações hepáticas. segundo as informações divulgadas no site do jornal Brazilian Voice, ela já teria sido internada três vezes pelos mesmo problemas.

Gláucia ficou internada durante um mês no hospital local de Tampa, e recebeu alta há cerca de 15 dias. No dia 19 ela foi levada até o pronto socorro da cidade de Sarasota e lá o quadro clínico se agravou e a mineira sofreu uma parada cardíaca e posteriormente morte cerebral. Ela estava sendo mantida viva através de uso de aparelhos.

Mas depois que os médicos entraram em contato com familiares dela, no Brasil, foi autorizado o desligamento dos aparelhos.

Gláucia estava na lista das pessoas que forma um dos primeiros grupos de brasileiros a residirem na cidade de Framingham, junto com o empresário Luizinho, Bizuca e Miriam Aamaral. Ela decidiu se mudar para a Flórida há cerca de sete anos, para fugir do inverno rigoroso.

A mineira deixou vários parentes no Brasil e um filho adolescente. O corpo dela foi liberado pelo hospital na quinta-feira (24) e será cremado na Flórida, mas a cidade não foi informada.

Fonte: Brazilian Times

Top News