Publicado em 30/01/2013 as 12:00am

Brasileiros invadem Daytona

A última edição das 24 horas de Daytona, uma das provas automobilísticas mais famosas do mundo, teve Brasil na pista e nas arquibancadas.

O Brasil não venceu a corrida, mas bateu seu record de participação nas 24 horas de Daytona. Na pista, 13 pilotos brasileiros, de várias categorias, participaram da prova. Nomes conhecidos, como Barrichello, Piquet e Fittipaldi, e a maior aposta do automobilismo nacional da atualidade, o brasiliense Felipe Nasr.

O brasileiro com a melhor classificação foi Oswaldo Negri Jr., pódio das 24 horas de Daytona, com a conquista do terceiro lugar da equipe formada com o inglês Justin Wilson, o australiano Marcos Ambrose e os norte-americanos John Pew e AJ Allmendinger, que se revezaram no volante.

Depois deles, em oitavo lugar chegou o Corvette formado pelos compatriotas Felipe Nasr, Nelsinho Piquet e Christian Fittipaldi, mais o americano Brian Frisselle.

A prova foi vencida pela equipe do colombiano Juan Pablo Montoya, ex-piloto da Fórmula 1.

@

Torcida brasileira

As arquibancadas também ganharam as cores da bandeira brasileira, com muitos apaixonados pelo automobilismo curtindo um fim de semana de muita velocidade.

"Foi maravilhoso. Eu adoro corridas e foi uma experiência fantástica acompanhar essa prova em um templo do automobilismo mundial, que é Daytona", declarou o felizardo Mario Macedo Jr, cliente que foi levado pelo Banco do Brasil Americas para acompanhar a corrida.

O piloto Felipe Nasr é patrocinado pelo Banco do Brasil e recebeu os clientes que o Banco do Brasil Americas levou para Daytona.

"Eu imaginava que o brasileiro tivesse um tratamento diferente no Banco do Brasil Americas em relação aos outros bancos americanos, mas não imaginava que fosse ser tanto assim. Adorei!", disse José Neto, que também foi levado pelo Banco do Brasil Americas para conhecer os bastidores de Daytona.

Fonte: Brazilian Times