Publicado em 23/02/2013 as 12:00am

Brasileira que trabalhou para a família Kennedy vira missionária

Nascida Conceição Aparecida, mas conhecida, nos Estados Unidos, como Connie Orr, a brasileira conquistou o coração da família Kennedy.

da redação

Nascida Conceição Aparecida, mas conhecida, nos Estados Unidos, como Connie Orr, a brasileira conquistou o coração da família Kennedy.

Connie nasceu em Mococa, São Paulo, no ano de 1926, e vive nos Estados Unidos há 42 anos. Em 1970, ela começou o seu trabalho como cozinheira da família Kennedy, em Cape Cod (Massachusetts). Ela era negra, como todas as outras empregadas da casa e a única imigrante entre os funcionários e sua a sua escolha aconteceu em razão dela saber preparar banquetes.

A brasileira tinha como obrigação atender exclusivamente Rose Kennedy, mãe de John Kennedy, Bobby Kennedy e Ted Kennedy. "O prato favorito da família era filé mignon, ervilhas frescas, aspargos e arroz", conta ela ressaltando que nas sobremesas era servido manga ou papaia.

Connie conta, ainda, que a pedido dos pais e da avó Rose, as crianças iam até a cozinha, após o jantar, agradecer aos funcionários pelos serviços prestados. "Criei uma relação de amizade com todos", ressalta.

Antes de mudar-se para os Estados Unidos, Connie, uma bela mulher, com perfil parecido ao de Michelle Obama, trabalhou como modelo. A revista "Brasileiros" relata que, em 1955, Connie "ficou em segundo lugar no Concurso Bonequinha do Café, em São Paulo. Conheceu França, Itália, Áustria, Inglaterra e Tchecoslováquia".

Aos 41 anos, com o fim da carreira de modelo, ela decidiu se mudar para os Estados Unidos e hoje, 86 anos, mora em Cape Cod e é missionária dos Testemunhas de Jeová. Ele garante que mantém contato com a família Kennedy. "O meu jeitinho brasileiro conquistou até os Kennedy", conclui.

Fonte: Brazilian Times