Publicado em 2/04/2013 as 12:00am

Advogado fala sobre Caso Zé da Burra

O advogado Kevin Mac Murray recebeu a equipe de reportagem do jornal Brazilian Times para falar sobre a situação do pernambucano José Lucena, o Zé da Burra. Ele está preso em um centro de detenção para imigrantes, na cidade de Plymouth (Massachusetts), há

Luciano Sodré

O advogado Kevin Mac Murray recebeu a equipe de reportagem do jornal Brazilian Times para falar sobre a situação do pernambucano José Lucena, o Zé da Burra. Ele está preso em um centro de detenção para imigrantes, na cidade de Plymouth (Massachusetts), há cerca de nove meses.

Em algumas cartas escritas por Zé da Burra, dentro do presídio, foi relatada uma situação de abandono sofrida por ele, tanto por parte dos amigos, quanto da família. O advogado, assim que soube da história, através do jornal Brazilian Times, se colocou à disposição para ajudar, sem cobrar pelos serviços.

Mac Murray, que esteve no presídio e conversou com Zé da Burra, disse que o pernambucano aparentemente está bem psicologicamente e com um astral altamente positivo. "Eu imaginei que fosse encontrar uma pessoa envolta em problemas de saúde, devido ao conteúdo das cartas que li", acrescenta.

Depois de analisar o caso e conversar com o brasileiro, Mac Murray chegou à conclusão de que a situação do pernambucano é complicada. "Eu tenho uma experiência extensa nessa área e conheço todas as defesas que ele poderia utilizar nesse momento, mas está muito difícil", disse.

Outra coisa que o advogado ressaltou é que Zé da Burra não está mais tão abandonado. Segundo Mac Murray, a família do pernambucano já entrou em contato com o seu escritório e tem se demonstrado preocupada com sua situação, disponibilizando-se a ajudar. "Nós falamos isso para o Zé e ele ficou animado em saber e já tem trocado cartas com a família", acrescenta.

O advogado fala que um advogado já estava cuidando da situação de Zé da Burra. "Descobrimos que ele tem um advogado com boa experiência o representando na corte e já entrou com recursos para sua próxima audiência", afirma.

Trata-se do advogado Paulo Moura, que é um amigo de Mac Murray de longa data e um profissional competente que vai ajudá-lo a obter o melhor resultado. "Acredito que ele esteja em boas mãos", continua.

Mesmo assim o escritório de Mac Murray se disponibilizou a ajudar no que for preciso e vai continuar mantendo contato com os familiares, que estavam desesperados e sem informações. "Graças a Deus, agora eles têm notícias e estão conversando, através de cartas, constantemente", conclui.

Para mais informações sobre o caso ou as novas leis de imigração que estão por vir, ésó ligar no telefone (617) 742-8161.

Fonte: Brazilian Times