Publicado em 12/04/2013 as 12:00am

Aumento do interesse pela língua Portuguesa mostra nova identidade do Brasil no exterior

Milena Bittencourt

Harvard, uma das mais conceituadas universidades do mundo, abriu mais uma vez as portas para receber a 11ª semana do Brasil em Harvard, organizado pelo Department of Romance Languages and Literatures do David Rockefeller Center for Latin American Studies.

Com o apoio do Banco do Brasil Américas e BB Money Transfers, almeja ver os benefícios da preservação da Língua Portuguesa para o crescimento da cultura brasileira no exterior e destacar a importância do desenvolvimento bilíngue nas crianças, assim proporcionando um futuro melhor, afirmou Maurício F. Leonardo Júnior (Presidente da BB Money Transfer USA).

O evento teve como tema "A língua Portuguesa e seus falantes pelo mundo", e aconteceu nos dias 4,5 e 6 de abril de 2013.

A Semana do Brasil em Harvard iniciou-se há mais de uma década quando surgiu a ideia de implantar um grupo organizador que expandisse a língua e a cultura brasileiras no exterior.

A Professora Doutora Clémence Jouët-Pastré, voltada para o crescimento do idioma dentro e fora da comunidade brasileira, foi uma das organizadoras do encontro que contou com a participação de pesquisadores, professores, estudantes e responsáveis por políticas públicas que abordaram, entre outros, temas como: políticas linguísticas, análise e produção de material didático, letramento e alfabetização, técnicas e atividades criativas na sala de aula, as novas tecnologias e as redes sociais, português por meio da arte e o português para falantes de espanhol.

Arlete Falkowski, professora e fundadora do Programa de Alfabetização "Movimento Educacionista dos USA", lançou no último sábado, dia 6, na "Semana do Brasil", seu livro "Turminha animada de Lucia e Tuca: princípios de Alfabetização", o qual já promete trazer uma grande e inovadora metodologia de ensino para crianças, com uma linguagem fácil, animada e criativa, a partir da qual elas poderão criar suas histórias, desenvolvendo desde muito cedo a criatividade e o amor pela leitura. A educadora Arlete Falkowski afirma que são inúmeros os benefícios de uma criança aprender outra língua desde os 3 anos de idade, começando pelo desenvolvimento na fase jovem e adulta de diferentes tipos de competências:  competências artísticas, das exatas e ciências, além de proporcionar maiores propostas de trabalho no mercado. O lançamento contou com a presença da Doutoura Clémence Jouët-Pastré, Maurício F. Leonardo Júnior e do editor da revista "Moda Brasil Magazine", Caio Castro, que apoiaram a realização do evento. O encontro ofereceu um saboroso almoço aos convidados do famoso Muqueca Restaurant.

A língua portuguesa já se faz presente na Harvard desde 1931 de acordo com os registros que mostram os primeiros cursos do idioma na universidade, tornando-se o programa de idioma mais antigo dos Estados Unidos. Ainda assim, o aumento de 60% no interesse pelos cursos de Língua Portuguesa só cresceu a partir de 2001, juntamente com o crescimento econômico do Brasil.

Em Massachusetts, já existem vários centros educacionais para crianças, adultos e estrangeiros que tenham interesse em estudar a Língua Portuguesa.

(Texto revisado por: Débora Benke)

 

Foto 2. Professora Arlete Falkowski, e seu livro "Turminha animada de Lucia e Tuca: princípios de Alfabetização

Fonte: Brazilian Times

Top News