Publicado em 12/04/2013 as 12:00am

Brasileiro que comanda Burger King assumirá a Heinz

Bernardo Hees, atual presidente da rede de fast food, deixará o cargo em julho deste ano para assumir a nova empresa de alimentos da 3G Capital. Daniel Schwartz, 31 anos, deve assumir seu lugar

da redação

 

O executivo brasileiro Bernardo Hees, atual presidente mundial da rede de fast food Burger King, foi designado para presidir a companhia de alimentos Heinz, recém-adquirida pelo grupo 3G Capital em parceria com o megainvestidor Warren Bufftett. Hees chegou ao Burger King em 2010, logo após a aquisição da rede pela 3G, a empresa de investimentos do trio de empresários brasileiros Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira.

Segundo o comunicado enviado pelo Burger King a seus investidores, Hees deixará o comando da empresa em julho deste ano, quando passará a ocupar uma cadeira no conselho de administração da empresa. A expectativa do grupo é que, até esse período, a compra da Heinz tenha sido finalizada e aprovada pelos órgãos reguladores, para que o executivo possa assumir o novo cargo.

Em seu lugar no Burger King, assumirá o executivo Daniel Schwartz, atual diretor financeiro da empresa. Quando foi nomeado no Burger King, Schwartz, de apenas 31 anos, era sócio da 3G Capital. Antes de se unir ao time de Lemann, o executivo já trabalhou como analista no banco Credit Suisse e gestor de fundos de hedge na Altair Capital.

Bernardo Hees foi funcionário de carreira na ALL, que também pertence ao trio de bilionários, antes de ir para a presidência do Burger King. "Quando eu assumi o papel de presidente há quase três anos, sabia que contruir um time de liderança sólida e profunda era um ponto crucial para o sucesso do grupo no longo prazo. Hoje, esse time azeitado começa a transição com a profundidade e experiência necessárias para levar a companhia adiante", afirmou Hees, no comunicado.

 

legenda

Bernardo Hees, atual presidente da rede Burger King

Fonte: Brazilian Times