Publicado em 7/05/2013 as 12:00am

Polícia de Framingham (MA) acusa brasileiro de bater camionete e fugir cena do acidente

Na madrugada de sábado (04), um homem bateu com a sua camionete em uma cerca, bem diante de um policial.

Em seguida, ele dirigiu por mais um tempo, ignorando a sirene da polícia e a ordem para parar o veículo.

Segundo o policial que atendeu a ocorrência, o brasileiro Carlos de Oliveira, 29 anos, passou por ele, em um cruzamento na Coburn Street com a Mellen Street, sem parar. Em seguida subiu na calçada e bateu em um muro. Mesmo assim, ele continuou dirigindo.

O policial que presenciou toda a cena acionou a sirene de sua viatura e saiu em direção à camionete do brasileiro. "Ele ignorou o alerta para parar", relatou o oficial acrescentando que o motorista parou somente três quarteirões depois do acidente.

O porta-voza da polícia de Framingham, o tenente Ron Brandolini, disse que o policial perguntou para Carlos o motivo pelo qual ele não parou quando foi ordenado. "Mas o motorista respondeu que queria chegar na Dow Street, local onde ele encostou o veículo", continua.

Carlos foi indiciado por se recusar a parar pela a polícia, abandonar o local do acidente e colocar em perigo a vida de pessoas. O brasileiro alegou inocência durante a sua audiência na Corte de Framingham, que aconteceu na segunda-feira (06). A promotoria não pediu fiança e o juiz Robert Greco o soltou.

Ele deverá retornar à Corte no dia 10 de junho para uma conferência de pré-julgamento.

 

legenda

Carlos responderá por deixar a cena do acidente e não parar quando um policial ordenou

Fonte: Brazilian Times

Top News