Publicado em 22/05/2013 as 12:00am

Polícia que saber porque brasileiro demorou para entregar envelope com dinheiro

O caso aconteceu dia 1º de abril e somente depois que a polícia divulgou as imagens é que ele entregou o envelope. "Eu estava esperando para saber de quem era", afirma

Luciano Sodré

O Departamento de Polícia da cidade de Natick (Massachusetts) conseguiu identificar o homem que saiu com um envelope contendo US$300 dinheiro e um cheque destinado a uma empresa de limpeza.

Segundo a nota divulgada, a polícia tem apenas a imagem do suspeito que teria pego o envelope esquecido por uma mulher na lateral de um caixa do Bank Of America da cidade. Isso aconteceu no dia 1º de abril e no final de semana passado foi divulgada a foto dele. Mas no mesmo dia, o "suspeito" procurou a polícia e entregou o envelope.

Em sua página, no Facebook, a polícia postou imagens que mostram o homem, aparentemente, pegando o envelope e saindo da agência bancária. "Estamos fazendo todo esforço para encontrá-lo e conseguir devolver o dinheiro para a mulher", dizia a nota do departamento.

O procurado estava utilizando um gorro do Corinthians, o que mostrou que poderia se tratar de um brasileiro. Realmente era um brasileiro, o qual entrou em contato com a redação do jornal Brazilian Times para explicar a história. Ele pediu para omitir o seu nome, mas assegurou que entregou o envelope.

Por telefone ele disse que o que mais lhe chamou a atenção foram os ataques nas redes sociais pelo fato dele estar usando um gorro do Corinthians. "Mas tudo está resolvido e a mulher já recuperou o seu dinheiro", explicou ele.

Mas em conversa com o Tenente da polícia de Natick, Brian Grassey, pelo que tudo indica a história não vai parar por ai. "Nós protocolamos a denúncia e queremos saber porque ele demorou tanto tempo para entregar o envelope e mesmo assim estava faltando o cheque", disse.

A denúncia, segundo o oficial, será encaminhada para a Corte, para análise se o caso continuará e o brasileiro será chamado para ser ouvido. "Eu não entreguei antes porque estava esperando para saber de quem era o dinheiro", se defendeu ele.

Fonte: Brazilian Times