Publicado em 29/05/2013 as 12:00am

Deputados de Connecticut aprovam carteira de motoristas para indocucumentados

Depois de uma sessão bastante tumultuada e polêmica, um projeto que concede carteira de motoristas para imigrantes indocumentados foi aprovado pela Câmara dos deputados de Connecticut, na quinta-feira (23), por 75 votos a favor e 55 contrários.

O documento segue, agora, para apreciação do senadores.

A aprovação animou os ânimos da comunidade imigrante e todos acreditam que até o final desta semana o projeto seja aprovado pelos senadores e siga para que o governador Dannel Malloy o revise e sancione como lei.

O deputado Andrés Ayala (D-Bridgeport), que defendeu o projeto afirmou que “finalmente as pessoas que “vivem nas sombras” vão ter sua carteira de motorista e poderão dirigir sem medo para o trabalho, levar o filho para escolas e até mesmo visitar amigos em cidades vizinhas”.

Mas o projeto exige que os imigrantes devam mostrar conhecimento das leis de trânsito para obtenção da carteira. O deputado estima que somente em Bridgeport, pelo menos 10 mil pessoas vivam ilegalmente e deverão aplicar para a carteira tão logo o projeto entre em vigor.

Ele acrescentou que esta foi uma forma legal encontrada, sem estar ligada à Cidadania, para proporcionar maior segurança à comunidade e os imigrantes poderão dirigir em segurança sem oferecer perigo no trânsito. “Quem dirige com medo não se concentra no que está fazendo”, explica.

Conforme o projeto, em janeiro de 2015 os imigrantes indocumentados que residem em Connecticut poderão aplicar para a carteira de motorista. A exigência será a apresentação de um documento de identidade com foto, inclusive o passaporte e provas de que mora no estado há pelo menos três anos, tais como recibos de contas gás e eletricidade.

 

legenda

Andres Ayala: “este projeto vai dar segurança à comunidade e beneficiará milhares de imigrantes trabalhadores”

Fonte: Brazilian Times