Publicado em 10/07/2013 as 12:00am

Homem é preso por agressão após briga em restaurante brasileiro em Carolina do Sul

Homem é preso por agressão após briga em restaurante brasileiro em Carolina do Sul

da redação

 

Um homem foi preso no Little Brasil Restaurante e Bar, em Myrtle Beach (Carolina do Sul), pouco depois da meia noite de sábado (06). De acordo com as informações do Departamento de Polícia da cidade, um policial chegou ao local e encontrou a vítima sangrando, caída ao chão.

A polícia relatou o acusado Brian Smallridge, de 36 anos de idade, disse que estava discutindo com sua esposa, quando a vítima interferiu na conversa. “Eu pedi para ele ficar fora daquele assunto, mas ao contrário me jogou cerveja em meu rosto”, disse o réu ressaltando que isso o irritou mais ainda.

No boletim de ocorrência consta que, neste momento, a vítima ainda sacou de uma faca e ameaçou atacar o acusado. Smallridge afirmou que para se sentiu sua vida ameaçada, por isso a agrediu. “Eu apenas me defendi, pois se não conseguisse tirar a faca da mão dele, certamente ele me furaria”, continua.

Já em seu testemunho, a vítima conta uma história diferente. “Smallridge e sua esposa estavam discutindo e quando eu fui tentar acalmar o ânimo deles, ele me agrediu”, disse.

Segundo a polícia, a vítima estava embriagada no momento do incidente e apresentava vários cortes na cabeça e estava sangrando muito. Depois de ser socorrida, ela foi levada ao Grand Strand Regional Medical Center e não corre risco de morte.

Testemunhas que estavam no interior do restaurante contaram outra história bem diferente. Elas informaram à polícia que Smallridge estava discutindo com sua esposa, quando a vítima interferiu, jogou uma lata de cerveja em Smallridge, que, em resposta, também atirou uma lata de cerveja na vítima.

Smallridge, então, pegou um banquinho de bar e atingiu a vítima na cabeça, depois a segurou no pescoço em força de estrangulamento, arrastando-o para fora do prédio e começou a chutá-la repetidamente, enquanto ele estava indefeso no chão.

Duas testemunhas, que estavam dirigindo próximo ao local do incidente, disseram que viram a vítima sendo arrastada para a calçada do lado de fora do prédio e sendo chutado na cabeça repetidamente. Uma testemunha disse, ainda, que ela pediu para Smallridge parar, mas ele ele começou a xingá-la.

Smallridge foi preso e levado para a prisão local para ser indiciado pelo crime. Ele responderá por agressão em segundo grau. A faca das vítimas foi coletado para servir como provas.

Fonte: Brazilian Times