Publicado em 10/07/2013 as 12:00am

Reforma Imigratória do Senado continua sem apoio entre os deputados

Reforma Imigratória do Senado continua sem apoio entre os deputados

da redação

 

Em uma carta enviada para o deputado John Boehner (R-Ohio), um grupo de ativistas e empresários apresentou apoio ao projeto de reforma imigratória que abre caminho para a legalização de milhões de imigrantes que vivem nos Estados Unidos.

Mas o presidente da Casa disse que o projeto prosseguirá, mas não será da maneira como o Senado quer. Ele explica que “os membros da Câmara darão continuidade ao assunto, mas com o seu próprio texto”. Boehner acrescenta que ele não tem apoio da maioria de seu partido para poder assumir o documento enviado pelos senadores.

O anúncio de que a Casa iria prosseguir com o seu próprio texto para uma Reforma Imigratória, foi anunciada por ele na segunda-feira (08). “Nem todos os conservadores querem promover mudanças nas leis de imigração da maneira como o Senado apresentou”, explica.

Alguns especialistas acreditam que os Republicanos não estão com pressa de aprovar uma Reforma Imigratória este ano. Para eles, a ideia é aguardar que o Partido assuma o comando do senado em 2014, para aprovar as mudanças. Desta maneira eles seriam mais beneficiados politicamente.

A ideia de uma reforma imigratória é bem diferente entre as duas casas. Enquanto que o projeto do Senado, abre caminho para que os imigrantes possam aplicar para a legalização, a maioria da Casa quer primeiro promover uma segurança maior nas regiões fronteiriças. Os republicanos mais conservadores querem um caminho mais difícil para liberar o “Green Card” para quem está vivendo ilegalmente no país.

Fonte: Brazilian Times