Publicado em 17/07/2013 as 12:00am

"Só um transplante pode salvar a minha vida"

"Só um transplante pode salvar a minha vida"

Brasileira que vive na Virgínia faz apelo no YouTube por doador de medula

 

da redação

Através do apoio da Fundação Icla da Silva, a brasileira Ana Almeida, 36 anos, publicou um vídeo no You Tube onde faz um apelo por um doador compatível de medula óssea. Ela foi diagnosticada com Câncer em 2012. “Fiz todos os tratamentos contra a doença e pensei estar curada, mas em abril deste ano fui informada que tinha Leucemia”, conta. “Os médicos disseram que minha vida só seria salva através de um um transplante”, continua.

Ana mora na Virginia e está nos Estados Unidos há cerca de 15 anos. Ela é casada e tem duas filhas.

A Icla da Silva divulgou os requisitos que uma pessoa precisa ter para ser doador e quem sabe, salvar a vida de Ana. Uma das exigências é que o candidato precisa ter entre 18 e 44 anos de idade para se registrar no site da fundação e ver se está apto a fazer a doação.

As pessoas que não forem doadoras, podem ajudar através de campanha nas igrejas, escolas, trabalho e entre os vizinhos. “Existe também a possibilidade de ajudar financeiramente”, fala Airam Silva, presidente da fundação. “Você pode encontrar um jeito de ajudar a salvar a vida desta brasileira. Faça a sua parte”, continua.

As pessoas que quiserem fazer o registro como doadores e não têm condições de ir à campanha, é só entrar no site http://bethematch.org/Join/Join_Now/Join_Now.aspx?promo_code=SaveAna, que um dos organizadores entrarão em contato. Para saber mais sobre a Fundação Icla da Silva é só acessar http://www.icla.org.

Airam pede para que as pessoas compartilhem esta história, pois “assim as possibilidades de encontrar um doador aumentarão”. Ele pede para que todos usem as redes sociais, envie e-mail e façam tudo que o puder para “salvar a vida da Ana”.

Fonte: Brazilian Times