Publicado em 12/08/2013 as 12:00am

"Dream 9" são soltos depois de desafiarem leis imigratórias

"Dream 9" são soltos depois de desafiarem leis imigratórias

da redação

Os nove jovens do grupo chamado DREAM9 – grupo de jovens imigrantes indocumentados detidos ao tentar entrar nos EUA pela fronteira com o México em desafio às leis migratórias, foram soltos no dia 7 e agora podem entrar com o pedido de asilo político.

Os nove jovens são do México, mas a maioria viveu nos Estados Unidos a maior parte de suas vidas, para onde vieram com seus pais ainda quando eram crianças.

Christopher Bantley, um porta-voz do U.S. Citizen and Immigration Services, disse que o Department of Homeland Security determinou que os imigrantes têm um “medo credível” de serem perseguidos, se eles fossem deportados para o México.

“O limite legal para o medo credível é amplo, a fim de garantir que as pessoas que possam enfrentar uma ‘possibilidade significativa’ de perseguição se forem removidas tenham a oportunidade de ter seu caso ouvido perante um juiz de imigração”, disse Bentley.

É raro que o governo dos EUA conceda asilo a cidadãos mexicanos. Enquanto isso, os imigrantes provavelmente receberão permissão de trabalho.

As cinco mulheres e quatro homens tentaram entrar no Arizona em 22 de julho, com pedidos de asilo, mas, como esperavam, ficaram detidos desde então. Seu objetivo era chamar a atenção para a política de deportações do presidente Barack Obama e pressionar a favor de uma reforma imigratória.

“Estamos prontos para ir pra casa e estamos prontos para lutar até que caiam as paredes de todos os centros de detenção”, disse Lulú Martínez, uma das nove “dreamers”, em um vídeo da Aliança Nacional de Jovens Imigrantes (NIYA, na sigla em inglês), que organizou o protesto.

Fonte: Brazilian Times