Publicado em 19/08/2013 as 12:00am

Filho de imigrante baiana concorre a governador em Nova Jersey

Filho de imigrante baiana concorre a governador em Nova Jersey

William de Araújo, candidato do partido independente, nasceu no bairro do Ironbound e tentará derrotar Chris Christie e Barbara Buono

 

da redação

A comunidade brasileira possui um representante que concorrerá ao cargo de governador de New Jersey. Nascido no antigo Hospital Saint James, filho de uma imigrante brasileira, natural da Bahia, e um imigrante português, William Araújo, de 43 anos, tentará, através do partido independente, derrotar o governador atual, Chris Christie, e a representante democrata, Bárbara Buono.

Atualmente, sindicalista dos carpinteiros no Condado de Essex e membro do Conselho de Planejamento do município de Edison (NJ), onde reside, William teve uma infância difícil no Ironbound, principalmente após a separação de seus pais. Tendo que trabalhar ainda adolescência, “Willie”, como gosta de ser chamado, trabalhou como ajudante no restaurante Don Pepe’s, em Newark (NJ), como entregador na companhia de aluguéis de móveis e eletrodomésticos Rental World, em Jersey City (NJ), onde foi promovido ao cargo de gerente. Posteriormente, ele frequentou o curso de aprendiz de carpinteiro, no qual se profissionalizou e fundou sua própria companhia.

Membro atuante em sua comunidade, ele também prestou trabalho voluntário junto à polícia local, cuja função era patrulhar a vizinhança, sendo promovido ao posto de sargento, em 2009. A sua entrada na vida política aconteceu ao concorrer para prefeito de Edison, motivado pelo aumento alto dos impostos prediais, segurança pública e a qualidade do ensino em sua cidade. Apesar de não ter vencido as eleições municipais, William acumulou experiência e, não desistindo de seus ideais, decidiu eleva-los à esfera mais alta: o Governo do Estado.

A opção de William pelo partido independente, apesar de ser democrata, foi tomada depois que o Comitê Eleitoral determinou que ele não possuía assinaturas de eleitores cadastrados suficientes (1 mil) para concorrer às primárias por seu próprio partido, explicou ele. Sua plataforma inclui o combate ao desemprego, diminuição das taxas de juros nos empréstimos universitários (loans), a abertura de mais fábricas e empresas no estado, benefícios fiscais para quem investir no estado, entre outros temas. Mais detalhes sobre a plataforma de Araújo podem ser obtidas no portal online: www.araujoforgovernor.com

William é casado há 23 anos com Iris Araújo e o casal possui dois filhos, Michael, que serve na Força Aérea dos Estados Unidos, e Samantha, estudante universitária do Instituto de Tecnologia de Nova Jersey (NJIT). Orgulhoso de sua família, nas horas vagas ele se dedica à prática de esportes físicos, particularmente corrida.

A princípio, sem experiência política, Araújo pegou de surpresa os legisladores locais ao concorrer ao cargo de prefeito da cidade onde mora. Embora não tenha vencido as eleições, sua surpreendente atuação, dedicação e carisma garantiram-lhe o convite para fazer parte do Conselho de Planejamento Municipal.

William tem o apoio de Maria del Pilar Salamanca, natural de Bogotá, Colômbia, e que reside em Jersey City desde 1982. Ela concorre ao posto de governadora interina e graduou-se em administração de empresas e Economia pela Jersey City State University, em 1989, onde também atuou como presidente do clube de alunos latino americanos. Voltada a servir o próximo, ela atuou em várias organizações latinas, como presidente do Desfile Hispânico Americano de Nova Jersey, fundadora da Organização Cívica Cultural Colombiana, onde coordenou aulas de preparação para o teste de cidadania e inglês como segunda língua (ESL), fundadora do grupo folclórico infanto-juvenil “Tesouro”, presidente da COLAMOR, uma entidade que ajuda organizações colombianas em todo o estado de Nova Jersey na organização de eventos e envolvimento comunitário. Além disso, Maria tem liderado campanhas de envio de remédios às comunidades carentes em seu país natal e desde 2000 atua como chefe do Conselho Eleitoral durante as eleições colombianas que ocorrem nos EUA. Sua participação comunitária há mais de 20 anos já foi reconhecida por vários representantes públicos.

“Estamos aqui para conquistar o melhor para nossas comunidades e incluímos todos nessa luta. Assim como eu, qualquer pessoa nesse país pode sonhar e lutar por um futuro melhor. Agradeço o apoio de todos”, disse Araújo. (fonte: BV)

Fonte: Brazilian Times