Publicado em 26/08/2013 as 12:00am

ENTREVISTA COM GUSTTAVO LIMA para o Brazilian Times

ENTREVISTA COM GUSTTAVO LIMA para o Brazilian Times

O Brazilian Day Nova York é o maior evento brasileiro no exterior por onde todos os anos circulam mais de 1 milhão de pessoas. Como você acha que será a experiência de cantar para tantos brasileiros longe de casa?

Gusttavo Lima: Confesso que fiquei muito feliz de ter recebido o convite para cantar no Brazilian Day. Estou ansioso demais! Tenho certeza que vai ser uma experiência incrível poder levar minha música a todos esses brasileiros que moram aí e ajudá-los a matar um pouquinho da saudade aqui do Brasil. Será um show muito especial.

 

Você já fez turnês nos Estados Unidos, México e Europa. Como é a recepção dos fãs fora do Brasil?

Gusttavo Lima: Graças a Deus, eu e minha equipe temos sido muito bem recebidos por onde a gente passa, tanto pelos brasileiros que moram em outros países quanto pelos fãs de nacionalidades diferentes. Pra mim tem sido uma alegria surpreendente todo o carinho que o público dentro e fora do Brasil demonstram pelo meu trabalho. Só tenho muito a agradecer.

 

Seu trabalho traz uma mistura de sertanejo com música eletrônica. Quem são os artistas que influenciaram a sua música?

Gusttavo Lima: Essa mistura de sertanejo com música eletrônica surgiu com a canção “Gatinha Assanhada”. Foi uma aposta bem diferente pra mim, mas que deu muito certo. Minhas influências musicais sempre foram os artistas sertanejos. Cresci ouvindo Barrerito, Tião Carreiro, Milionário e José Rico, Tônico e Tinoco, Chitãozinho e Xororó, Zezé Di Camargo & Luciano, Leandro e Leonardo, Bruno & Marrone, João Paulo e Daniel, Gian e Giovane, Chrystian e Ralf, Rick & Renner, etc.

 

Você pode mandar uma mensagem para os seus fãs nos Estados Unidos?

Gusttavo Lima: Alô galera, primeiramente quero convidar a todos para essa grande festa, agradecer todo o carinho e dizer que estou feliz demais por saber que estarei aí cantando com vocês. Espero poder levar muita alegria com meu show pra gente poder curtir bastante. Vamos ter um dia inesquecível! Um grande beijo! A gente se vê aí no Brazilian Day!

**********************

 

 

 

Informações que divulgamos no release sobre o BD:

 

 

Zeca Pagodinho, Gusttavo Lima e Serginho Groisman fazem a festa no Brazilian Day

 

A festa brasileira que dá a volta ao mundo chega a Nova York  no dia 1o de setembro com a 29a edição do Brazilian Day.  Serginho Groisman comanda o show que terá como principais atrações Zeca Pagodinho e Gusttavo Lima, no evento que é considerado uma das maiores celebrações populares de Nova York e a maior festa para o público brasileiro fora do Brasil. A expectativa é que mais de 1 milhão de pessoas participe da celebração.

 

Comemorando três décadas de carreira, Zeca Pagodinho promete levar o melhor do samba e pagode para a Sexta Avenida. E o mineiro Gusttavo Lima adianta que pretende animar a festa com o ritmo sertanejo universitário. “Este será um show preparado com muito carinho. Espero que todos gostem”, anuncia.

 

No dia seguinte, a festa segue para Toronto, no Canadá, onde Serginho e Gusttavo Lima se apresentam na praça Nathan Phillips. O circuito Brazilian Day teve início em Lisboa no mês de maio, passou por Tóquio, em julho, e será encerrado com o Dia da Amizade Angola – Brasil, no dia 05 de outubro, em Luanda. O espetáculo será conduzido por Luciano Huck e contará com apresentação dos cantores Thiaguinho e Aline Barros.

 

 

Circuito Brazilian Day 

 

O circuito Brazilian Day reúne brasileiros de várias origens e idades, em diversos lugares do mundo para celebrar a cultura do país no exterior. O evento já levou para fora do Brasil shows de artistas como Kid Abelha, Jorge Ben Jor, Latino, Carlinhos Brown, Alcione e Preta Gil.  Em Nova York, o evento  acontece há 29 anos na Sexta Avenida, próximo à Rua 46, também conhecida como a “Rua dos Brasileiros”. A festa cresce a cada nova edição e hoje abrange 25 blocos da cidade, atraindo mais de 1 milhão de pessoas de diferentes cidades dos Estados Unidos e de outros países. O evento é produzido pelo canal internacional da Globo e pelo jornal The Brasilians.

 

Fonte: Brazilian Times