Publicado em 26/08/2013 as 12:00am

Miami se transforma por oito dias em palco do cinema brasileiro

Miami se transforma por oito dias em palco do cinema brasileiro

17ª edição do Brazilian Film Festival of Miami trouxe excelente seleção de 21 filmes da recente  safra de audiovisuais brasileiros


Gilvan De Sergipe

- Agência ANBT –

 

Miami Beach (FL) - Aberta no dia 17, com exibição, na Cinematheque de Miami, de documentários sobre o futebol brasileiro, a 17ª edição do Brazilian Film Festival of Miami trouxe este ano para apresentação nos Estados Unidos 21 filmes, entre curtas e longas-metragens, que saciaram a sede dos cinéfilos amantes da sétima arte produzida no Brasil. Documentários, comédias, dramas, ação e animação fizeram parte do seleto grupo de audiovisuais produzidos entre 2012 e 2013 e que estiveram em exibição até o dia 24, em Miami Beach.

O programa Cinefoot, que mostrou cinco filmes que tiveram como temática o futebol, dentre eles “Zico na Rede”, de Paulo Roscio, e “Garrincha, Uma Estrela Solitária”, de Milton Alencar, foi um tributo a lendas do futebol brasileiro e “um ponta-pé nas celebrações para a Copa do Mundo que será realizada em 2014 no Brasil”, garantiram as organizadoras do Festival, Adriana Dutra, Cláudia Dutra e Viviane Spinelli. O Cinefoot foi realizado do dia 17 ao dia  20, na Cinematheque de Miami, e contou também com a exibição do documentário “West Encounters East”, de Stella Holmes e Linda Corley, que tratou do tema da imigração japonesa no Brasil.

Em cena nos 15 filmes que participaram da Mostra Competitiva, realizada no Colony Theatre, da famosa Lincoln Road, em Miami Beach, talentosos jovens atores se misturaram a consagrados nomes do cinema nacional. Lima Duarte, Fernanda Montenegro, Gloria Pires, Ingrid Guimarães, Maria Paula, Thiago Mendonça, entre outros, fizeram parte dos elencos dos diversos filmes selecionados pelos curadores Walter Carvalho, Elisa Tolomelli, Marco Altberg, André Saddy e Cavi Borges, todos considerados importantes membros em diferentes segmentos da indústria audiovisual no Brasil.

Bastante aplaudidos, a divertida comédia “De Pernas Pro Ar” (2), do cineasta Roberto Santucci, e o drama “Somos Tão Jovens” - que contou a vida do roqueiro Renato Russo, numa magistral interpretação do ator Thiago Mendonça - estavam na lista dos preferidos pelo público. Na quinta-feira, a exibição do filme que enfocou a vida do roqueiro brasileiro - falecido em outubro de 1996 - contou com a presença de seu diretor, Antonio Carlos da Fontoura, e do ator Thiago Mendonça.

No sábado, a cerimônia de premiação foi realizada diante de um teatro lotado. O embaixador Hélio Vitor Ramos Filho, cônsul-geral do Brasil em Miami, foi convidado ao palco para anunciar os vencedores. O filme de animação “ Linear”, de Amir Admoni, de apenas seis minutos, foi eleito pelo público como o Melhor Curta-Metragem. E a comédia “Minha Mãe é uma Peça”, de André Pellenz, levou a estatueta Lente de Cristal como Melhor Longa-Metragem do Festival de Cinema de Miami de 2013. O troféu foi entregue à atriz Samantha Schütz, que participou do elenco e representou o cast do filme.

O festival foi encerrando com uma exibição hors concours do filme de Bruno Barreto “Flores Raras”. A produtora  Paula Barreto esteve presente e falou ao público antes da exibição da película. O célebre clube Baôli, da Collins Avenue, foi o ponto de encontro de cineastas, atores, produtores, organizadores do evento e mídia para a celebração de mais um ano de sucesso do festival, que tem sido considerado a maior vitrine de exposição da indústria de audiovisuais do Brasil no exterior.

O Brazilian Film Festival of Miami, que já faz parte do calendário oficial de eventos da cidade, é apresentado pelo Grupo Latam, com o patrocínio da RioFilme e do Consulado-Geral do Brasil em Miami. A seriedade da Inffinito Foundation, organizadora do evento, tem feito com que o festival tenha recebido o suporte de importantes setores governamentais, empresariais e de mídia, tanto do Brasil quanto dos Estados Unidos.

 

 


Fonte: Brazilian Times