Publicado em 11/09/2013 as 12:00am

Brasileiro é presa por usar nomes falsos em Hospital de Boca Raton (FL)

Brasileiro é presa por usar nomes falsos em Hospital de Boca Raton (FL)

da redação

Apenas um dia depois de receber tratamento no Hospital Regional de Boca Raton, na Flórida, Luciana Menezes voltou, buscando cuidados adicionais. Mas em ambas as ocasiões, ela alegou ser outra pessoa, segundo informou o Departamento de Polícia da cidade.

Luciano, 37 anos, foi presa no domingo (07), acusada de fraudar um prestador de serviços de saúde pública. Ela foi liberada no mesmo dia, mediante o pagamento de uma fiança.

De acordo com o boletim de ocorrência, a acusada foi para o hospital no sábado e usou o nome Anna Cerqueira. Ela queixava-se de dores de cabeça e náuseas e foi tratada e recebeu Dilaudid, um analgésico.

No domingo, a brasileira retornou ao hospital e desta vez se apresentou como Liliana Silva, segundo a polícia. A enfermeira disse aos investigadores que ela reconheceu a brasileira, por tê-la tratado no dia anterior.

Quando a polícia efetuou a prisão, a brasileira apresentou o nome verdadeiro aos oficiais. Ela explicou que estava na cidade, com o seu empregador, para trabalhar em um evento chamado “Brazilian Beat”, uma celebração local do Dia da Independência do Brasil. “Eu fiquei doente e fui levada ao hospital”, alegou.

A brasileira disse que passou por uma cirurgia para tratar uma forma de câncer e estava sendo medicada por uma doença do sangue. Para explicar aos policiais os motivos de usar nomes falsos, ela disse que “se tivesse apresentado o seu nome verdadeiro, ela não teria sido atendida”.

Não foi divulgado quando ela deve retornar a Corte para um pré-julgamento, mas ela responderá por utilizar nomes falsos e tentar enganar um órgão público.

Fonte: Brazilian Times