Publicado em 16/09/2013 as 12:00am

Cerca de cem mulheres são presas em ato pela reforma imigratória em Washington

Cerca de cem mulheres são presas em ato pela reforma imigratória em Washington

Algumas delas eram imigrantes que se deslocaram de Massachusetts para o manifesto

 

da redação

 

Cerca de cem mulheres que se manifestavam diante do Congresso em Washington pressionando pela reforma imigratória nos Estados Unidos foram presas no dia 12, informaram os organizadores do protesto, o grupo pró-imigrantes FIRM. Elas bloqueavam a esquina diante da Câmara de Representantes.

As detidas, que bloqueavam a rua diante do edifício do Capitólio, foram escoltadas pela polícia e levadas em furgões. A polícia confirmou as prisões, sem mencionar número de presos.

“Nós temos mais de 100 mulheres, incluindo 20 indocumentadas de 20 diferentes estados e elas realmente mostraram uma tremenda coragem ao se arriscarem a serem presas hoje”, disse a ativista Vivian Lavitan.

Convocada por dezenas de grupos favoráveis aos direitos da mulher e dos latinos e de associações de trabalhadores e igrejas de vários estados do país, a manifestação coincide com o reinício das atividades do Congresso após o período de recesso de verão.

Ativistas gritavam a palavra “coragem” e pediam que membros do Congresso tenham a mesma coragem delas para votar pela reforma imigratória.

Crianças usando camisetas estampadas “Não deporte minha mãe” passaram a tarde distribuindo cookies em forma de coração com a palavra “coragem” escrita para membros do Congresso, com uma etiqueta escrita “We Belong Together” (nós estamos juntos).

Fonte: Brazilian Times