Publicado em 25/09/2013 as 12:00am

Brasil pode se tornar parceiro econômico mais valioso de Massachusetts

Brasil pode se tornar parceiro econômico mais valioso de Massachusetts

da redação

Michael Kryzanek, diretor do Centro de Envolvimento Internacional na Bridgewater State University, esteve conversando com o Cônsul brasileiro em Boston (Massachusetts), Frederico Cézar de Araújo. Após a conversa, ele declarou que o Brasil poderá se tornar o parceiro econômico mais valioso para o estado norte-americano.

Kryzanek ressalta que durante anos "a compreensão norte-americana sobre a economia brasileira se limitava a plantio de café, praia de Ipanema, o Carnaval e o Cristo Redentor". Mas, segundo ele, com o passar dos anos essa visão mudou completamente e hoje o Brasil é visto como uma das mais importantes e fortes economias do mundo.

Mas Kryzanek destaca que mesmo diante de uma economia em ascensão, ainda falta muito para melhorar a imagem do Brasil diante do mundo. "Existem o crescimento descontrolado das favelas, desigualdade social enorme, entre outros problemas. "Sediar Copa do Mundo e as Olimpíadas é apenas um status e não significa que o país melhorou as condições de vida de seus habitantes", acrescenta.

Atualmente existem cerca de 350 mil brasileiros vivendo em Massachusetts, segundo as pesquisas mais recentes, e conforme relatou Kryzanek isso se deve ao fato do Brasil não oferecer oportunidades para os seus cidadãos. "Nós podemos ver a presença desta comunidade representada nas igrejas, restaurantes e clubes", explica.

Esta é a razão pela qual ele acredita que o Brasil poderá ser o maior parceiro de Massachusetts que resulta em milhões de dólares anualmente em exportação e importação para ambos os lados. Kryzanek cita que existe um laço econômico muito forte e que "com o Brasil assumindo gastar bilhões nos próximos anos em projetos de infraestrutura, estradas, aeroportos e metrôs, as empresas de Massachusetts será serão beneficiadas".

Durante a conversa, o Cônsul reconheceu que ainda existem alguns entraves na política brasileira que dificulta um maior investimento, mas ele assegurou que os empresários de Massachusetts devem ser pacientes e aguardar que muito em breve o estado será um grande parceiro brasileiro.

Fonte: Brazilian Times