Publicado em 11/10/2013 as 12:00am

Brasileiros pagarão US$ 5 milhões por uso de informação

Brasileiros pagarão US$ 5 milhões em acordo por uso de informação privilegiada

 

Rodrigo Terpins e seu irmão Michel são acusados pela SEC de terem recebido dicas sobre operação da compra da fabricante de ketchup Heinz

 

 

da redação

Dois brasileiros pagarão US$ 5 milhões em um acordo sobre uma ação cível que acusava ambos de terem lucrado US$ 1,8 milhão ilegalmente, com operações feitas no mercado antes do anúncio de que a Berkshire Hathaway e a 3G Capital planejavam adquirir a Heinz, disseram autoridades dos Estados Unidos nesta quinta-feira.

Rodrigo Terpins e seu irmão Michel não admitiram nem negaram as acusações da Securities and Exchange Commission (SEC, equivalente à brasileira CVM), reguladora do mercado de capitais dos EUA, que alegam que Rodrigo fez as operações enquanto estava de férias na Disney, depois que seu irmão recebeu uma dica sobre a aquisição.

A SEC congelou os ativos dos irmãos em uma conta na Suíça este ano após detectar negociações suspeitas de opções antes do acordo de US$ 28 bilhões ter sido anunciado. Naquela época suas identidades eram desconhecidas.

Fonte: Brazilian Times