Publicado em 22/11/2013 as 12:00am

Capixaba se destaca na área da tecnologia

Capixaba se destaca na área da tecnologia

Stael DeMelo

 

 

Clailton Junior nasceu no Espírito Santo, na cidade de Santo Agostinho. Ele se mudou para os Estados Unidos em 2005 e atualmente mora em Somerville (Massachusetts).

Junior diz que assim que pisou em solo americano, disse para si mesmo: “Aqui nesse país das oportunidades realizarei meus sonhos e se o meu Deus for comigo, serei abençoado por onde passar”.

A mãe de Junior o criou dentro dos valores bíblicos, razão pela qual ele faz questão de mencionar sua fé.

Ele conta que assim como a maioria, começou logo a trabalhar na pintura, fazendo esse tipo de trabalho por vários anos.

E mesmo trabalhando pesado, não se dava ao luxo de descansar nas horas de folga. Investia seu tempo em estudos.

O BT esteve presente em uma de suas inúmeras apresentações para trazer ao leitor a historia da placa digital.

 

 

BT: Como surgiu a ideia de criar uma placa de carro digital?

Junior: Toda sabedoria vem de Deus e foi Ele quem me despertou a ideia desse projeto. Eu comecei a observar que as placas existentes poderiam ser roubadas, sendo transferidas para outro carro, que elas não ofereciam nenhuma segurança. Elas são limitadas até mesmo no desenho projetado para encaixá-la.

 

 

BT: Mas você se formou nessa área?

Junior: Eu nunca estudei nada sobre tecnologia, mas sei fazer funcionar perfeitamente e dominar qualquer sistema.

 

BT: A placa digital foi o seu primeiro invento?

Junior: Não. Antes desse projeto eu criei um joguinho com o nome de "Jolly The Turtle", bem legal para a criançada brincar. Eu queria entrar no mercado da tecnologia, bolei, deu certo e está no Mercado. Inclusive disponível para Iphone.

 

 

BT: Vamos voltar na placa digital. Fale algumas vantagens dessa placa, e porque você acredita nesse projeto?

Junior: Bom, vou começar dizendo o porquê acredito nessa invenção, e consequentemente as vantagens acompanharão o processo. Citarei apenas duas, porque são inúmeras vantagens. Vivemos na época digital e acredito que será muito mais intenso com o decorrer dos anos. Sem dúvida alguma o valor esta na segurança que ela trará para as pessoas. Vidas serão salvas por causa da rapidez do socorro. Só isso para mim já seria o suficiente. Imagina a cena: Uma pessoa está dirigindo sozinha, poderá ser um idoso, um pai de família ou uma mãe, e de repente acontece um acidente. Vamos imaginar que seja um local totalmente isolado, sem vizinhança, longe de tudo. Imediatamente os sensores via satélite enviarão uma mensagem para a polícia e o corpo de bombeiros mais perto do local, com todos os dados. Outra vantagem: o carro não poderá ser roubado, ninguém poderá ligar o veículo mesmo em posse das chaves. Caso alguém tente fazê-lo, ele dirá: você não é meu dono. O seu carro terá a sua impressão digital, e somente após o finger print, ele aceitará dar partida.

 

BT: Mas como funcionaria tudo isso?

Junior: Quando você for registrar seu carro, receberá um chip e um código que ninguém mais terá igual, e isso será salvo na sua placa digital.

 

 

BT: E se alguém bater no meu carro e fugir, o que acontece?

Junior: Existem quatro câmeras nas quatro laterais do carro. Se alguém tentar quebrar o vidro, qualquer tipo de vandalismo, ou bater no seu carro e fugir, automaticamente essas câmeras são acionadas, ficando arquivadas as fotos e somente a polícia terá acesso a esses dados. Não terá como alguém negar que não fez tal coisa.

 

 

BT: Poderíamos falar sobre esse invento por horas, porque ele é fantástico, mas você gostaria de acrescentar alguma coisa, além do projeto?

Junior: Com certeza. Para todas as pessoas que estão pensando em desistir de algum sonho, projeto, invenção, seja lá o que for, eu sempre digo que você é a única pessoa que pode abortar seus sonhos. Nunca desista de sonhar. A persistência é a amiga da conquista. Que Deus abençoe a todos.

Fonte: Brazilian Times