Publicado em 20/01/2014 as 12:00am

Menina de cinco anos luta contra a Leucemia em MA

Menina de cinco anos luta contra a Leucemia em MA

Em uma entrevista bastante emocionante, a capixaba Carla Almeida contou ao jornal Brazilian Times um pouco de sua história. Ela é casada com Leonardo Pereira, também natural do Espírito Santo. Os dois travam uma luta, desde 2012, contra a Leucemia que acometeu a sua filha Laura. Carla conta que desde o início a sua gravidez foi muito difícil e complicada. "Era minha segunda gestação, pois era mãe de uma linda mocinha, a Victoria, de 5 anos de idade", fala ressaltando que teve Diabetes gestacional. "Isso me fez muito doente e cansada e a Laura teve que nascer antes da data prevista", continua. A menina nasceu no dia 30 de janeiro de 2009, grande e saudável. A mãe lembra que era um bebê lindo e bastante cabeludo. "Sempre foi assim até o dia 13 de abril de 2012, quando recebemos a triste notícia de que Laura era portadora de Leucemia tipo All", explica. Nesta época, a família já morava nos Estados Unidos. Carla conta que assim que a sua filha foi diagnosticada com a doença, os tratamentos foram iniciados. Ela lembra que dois dias após a notícia, a menina foi internada e cinco dias depois passou por uma cirurgia para a implantação do cateter pelo qual recebe quimioterapia, medicamentos como antibióticos, transfusão de sangue e outros. O tratamento da pequena Laura já dura um ano e nove meses, de um protocolo que exige dois anos e meio de tratamento. "Desde o início foi muito sofrimento, pois somos pais jovens e tínhamos muitos planos e jamais imaginamos passar por isso", disse a mãe, bastante emocionada. "Mas nós fazemos os nossos planejamentos e Deus faz outro e não devemos questionar a vontade divina", continua. Laura fez muitas sessões de quimioterapia, transfusões de sangue, procedimentos cirúrgicos e passou por várias internações por infecções. Em uma destas internações, muito grave, a menina foi medicada com um dos mais fortes antibióticos para infecções fungais. Isso porque adquiriu em sua boca uma bactéria que poderia matá-la. Mesmo assim, a mãe relata que a menina sempre foi muito forte, o que tem ajudado muito no tratamento. "A cada dia eu aprendo uma lição diferente com minha filha", fala. Um dos problemas foi que Carla se viu obrigada a parar de trabalhar, pois precisa se dedicar 24 horas por dia para a filha. "Meu esposo tinha um bom emprego, mas perdeu pois o patrão não aceitou continuar com ele no trabalho, tendo que liberá-lo de vez em quando", fala ressaltando que ele passou a receber menos da metade que ganhava. Foi então que eles se mudaram para uma casa de amparo á famílias com crianças portadoras de câncer. "Moramos lá por um tempo, até que as coisas se ajeitasse e conseguíssemos pagar todas as contas atrasadas", fala. Depois, surgiu uma oportunidade para eles voltarem para Martha´s Vineyard (Massachusetts), pois Leonardo iria trabalhar para uma companhia que lhe ofereceu um salário razoável. Mas ao voltarem, esta promessa nunca se cumpriu e o brasileiro passou a trabalhar fazendo "help". Carla conta que está muito difícil a situação de sua família e que estão com o aluguel atrasado há três meses. Por isso, desde que iniciou a luta contra a doença da filha, os dois tem sobrevivido através de doações de amigos e pessoas que se sensibilizam com a história. "Recebemos alimentos, ajuda financeira e roupas para nossas filhas", explica. Quando Leonardo não está trabalhando, Carla faz "help" de limpeza. Mas ela também faz tiaras que tenta vender para conhecidos e assim ajudar nas despesas. Ela abriu uma página no facebook para vender o seu trabalho, chamada "Carla's Cute Creations", onde vende também braceletes e camisetas com a campanha de Laura. DOAÇÕES Os interessados em colaborar, podem fazer doações de qualquer valor na conta: Banco Santander, número 3141098433, em nome de Carla Almeida e Leonardo Pereira. Também foi aberta uma página para doações via internet no site Go Fund Me: www.gofundme.com/blessedlaura. No dia 25 de Janeiro, na Igreja Metodista de Saugus (MA), acontecerá um grande "Yard Sale" em prol de Laura. As pessoas que quiserem colaborar, podem ir ao local do evento: 493 Linconl Avenue, às 10:00 a.m até às 3:00 p.m.

Fonte: (Luciano Sodré)