Publicado em 27/01/2014 as 12:00am

Campanha vai imunizar quase 51 mil meninas contra o HPV

Campanha pretende imunizar quase 51 mil meninas contra o HPV

O Ministério da Saúde pretende imunizar 50.720 meninas com idade entre 11 e 13 anos em todos os estados de Sergipe. Essa quantidade equivale a 80% da população alvo que deve receber a vacina quadrivalente, que protege contra os principais tipos de HPV (vírus do papiloma humano) causadores do câncer do colo de útero. A primeira etapa da vacinação será entre 10 de março e 10 de abril, as outras estão previstas para setembro deste ano e março de 2019, cinco anos após a aplicação da primeira dose. As campanhas serão realizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e nas escolas das redes pública e privada. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou a mobilização nos 75 municípios sergipanos. "Já conversamos com os representantes das cidades do interior para que eles iniciem o planejamento da campanha, pois essa é nova e diferenciada das demais. É necessário que se faça um levantamento do público alvo, uma vez que essa faixa etária não costuma frequentar as unidades de saúde", explica Sândala Oliveira, gerente do programa Estadual de Imunização. O HPV é um vírus transmitido para homens e mulheres através das relações sexuais sem o uso de preservativos. "A vacina protege somente contra o HPV e não contra as outras doenças sexualmente transmissíveis como o HIV, por isso é importante o uso do preservativo. Já existe, inclusive, um mito que o vírus do HPV ultrapassa a camisinha, o que é mentira", esclarece Almir Santana, gerente do programa estadual de combate a DST/Aids. De acordo com Santana, o exame de lâmina não deve deixar de ser feito. "Mesmo tendo tomado a vacina, as mulheres que já iniciaram a vida sexual devem fazer o esse exame anualmente", alerta.

Fonte: (G1)