Publicado em 5/02/2014 as 12:00am

Carteira a indocumentados em RI é discutida

Legisladores discutem projeto que concede carteira de motorista para indocumentados em RI

Uma proposta chamada de "driving privilege licenses" e "driving privilege permits" começou a ser discutido pelos legisladores do estado de Rhode Island na segunda-feira (03). O documento, introduzido pela deputada Anastasia Williams (D-Providence) e pelo senador estadual Frank Ciccone (D-Providence), permite que imigrantes indocumentados possam aplicar para a carteira de motorista. Williams explicou que a proposta tem como objetivo melhorar a segurança nas rodovias e garantir que as pessoas possam ter condições de dirigir até seus trabalhos e contribuir para a econômica do Estado, "independente do seu status imigratório". A deputada ressalta, ainda, que "é preciso que as autoridades certifiquem-se de que os condutores de veículos estejam cadastrados e possam ter um seguro". Ela disse que "não podemos julgar uma pessoa pelo seu status imigratório" e se os imigrantes estão vivendo e trabalhando nos Estados Unidos é necessário fornecer-lhes as ferramentas adequadas para ser um cidadão e cumpridor da lei, enquanto eles esperam por alguma legalização. Em um comunicado, uma coalizão local chamada de "We are all Arizona" deu total apoio à proposta, "pois permite que os imigrantes possam dirigir até o trabalho sem medo, buscar os filhos nas escolas e fazer tudo o que famílias trabalhadoras e honestas precisam para ter uma vida digna". Já Terry Gorman, diretor do Immigration Law Enforcement, um grupo anti-imigrante, manifestou a sua oposição ao projeto e alertou que a aprovação deste documento poderá trazer sérias consequências para o estado. "Isso vai promover um aumento na população imigrante, pois atrairá pessoas de outros estados", disse. Segundo o Pew Hispanic Center, existem cerca de 20 mil imigrantes vivendo e trabalhando ilegalmente em Rhode Island. O governador do estado, Linconl Chafee já declarou que apoia a proposta. Isso porque ele se comprometeu durante a campanha eleitoral de examinar a possibilidade de conceder carteira de motorista para indocumentados. Se aprovado, o projeto de lei entraria em vigor no dia 1º de Julho de 2015. Ele já foi encaminhado aos comitês judiciários, tanto na Câmara e no Senado

Fonte: (Tradução - Luciano Sodré)