Publicado em 19/02/2014 as 12:00am

Hoffman pediu que filho não seja criado em Hollywood

Seymour Hoffman pediu que filho não seja criado em Hollywood

   19/02/2014 13h58 - Atualizado em 19/02/2014 14h14 Seymour Hoffman pediu que filho não seja criado em Hollywood, diz site TMZ obteve cópia de testamento do ator, morto no início de fevereiro. Ele pede para que Cooper more em Manhattan para se cercar de cultura.  Do G1, em São Paulo 24 comentários  Antes de morrer de uma possível overdose aos 46 anos, o ator Philip Seymour Hoffman pediu para que seu filho não fosse criado em Hollywood, segundo informações do TMZ. O site obteve nesta quarta-feira (19) uma cópia do testamento de Seymour Hoffman, feito em 2004.  De acordo com o documento, o ator solicita que seu filho Cooper (na época, seu único filho), agora com dez anos, seja criado em Manhattan, Nova York, para ficar cercado pela cultura, artes e arquitetura da cidade.  Se NY for uma impossibilidade, Seymour Hoffman pede que Cooper vá para Chicago ou São Francisco. Se isso também não desse certo, Hoffman quer que ele visite estas cidades pelo menos duas vezes por ano para fins culturais. Los Angeles, onde ele passou muito tempo, não é uma opção. A herança ficou para sua mulher Mimi O'Donnell, mãe de seus três filhos.


Fonte: (g1)