Publicado em 19/02/2014 as 12:00am

Morre miss baleada em protestos na Venezuela

Morre miss baleada em protestos antigoverno na Venezuela

  Uma jovem de 22 anos que ganhou o concurso Miss Turismo Carabobo 2013 morreu nesta quarta-feira (19) após ter sido baleada na cabeça durante os protestos na véspera na Venezuela.  Segundo a página oficial de Génesis Carmona no Facebook, ela morreu às 12h locais, após ter ficado internada na Unidade de Cuidados Intensivos da clínica Guerra Méndez.  Ela torna-se assim a quinta pessoa a morrer desde o início dos protestos.  Segundo o jornal “El Carabobeño”, a estudante e modelo foi atingida na cabeça por uma arma de fogo de alto calibre.  A jovem foi baleada na Avenida Cedeño, na cidade de Valencia, que fica no estado venezuelano de Carabobo. Ela participava de uma manifestação em apoio a Leopoldo López, que convocou os protestos e se entregou à polícia nesta terça.

 A Venezuela vive um clima de tensão após vários dias de protestos, depois que distúrbios causaram três mortes e deixaram dezenas de feridos em uma manifestação estudantil na quarta-feira passada (12). Nesta terça, uma quarta pessoa morreu e dezenas ficaram feridas.  O dirigente de oposição Leopoldo López, que tinha uma ordem de detenção contra si por causa desses incidentes, se entregou à Guarda Nacional (Polícia Militar) após liderar uma grande manifestação de oposição ao governo de Nicolás Maduro no leste da cidade.  O governo do presidente Maduro responsabiliza López pelos incidentes e culpou os Estados Unidos pela violência em Caracas e em outras cidades nos últimos dias.

Fonte: (g1)