Publicado em 28/02/2014 as 12:00am

Brasileiro é acusado de estelionato eMA

Brasileiro é acusado de estelionato em Woburn

O brasileiro Wanderly Moreira Costa, 43 anos, foi preso na manhã de segunda-feira (24) sob a acusação de estelionato. Segundo informações do Departamento de Polícia de Woburn (Massachusetts), o acusado teria aplicado um golpe de cerca de US$300 mil (pouco mais de R$ 750 mil) em uma empresa local.

Em uma nota divulgada à imprensa, o departamento informou que Wanderly foi indiciado por envolvimento em cheques fraudulentos, apropriação indébita, dirigir sem carteira de habilitação e cometer infração de trânsito.

Os policiais informaram que a princípio o brasileiro foi preso por ter cometido uma infração de trânsito, em seguida ficou constatado que ele não tinha “driver´s license” e isso resultou em detenção.

Pouco depois, Wanderly foi informado que havia um processo de investigação sobre a sua participação em um esquema de estelionato. Ele era acusado de envolvimento em 34 cheques fraudulentos de uma empresa de Woburn, que totalizavam o valor de US$305,995.00.

O brasileiro assumiu a culpa e denunciou um funcionário da firma, o qual o ajudou a pegar os cheques e depositar na conta de Wanderly. Em seguida, eles dividiram o dinheiro.

 

Fonte: (da redação)