Publicado em 28/02/2014 as 12:00am

Pastor Mourisso incentiva imigrantes a participarem das eleições

Mourisso fala da importância de brasileiros nos EUA participarem das eleições no Brasil

Depois que o Consulado-Geral do Brasil em Boston (Massachusetts) divulgou nota sobre as eleições presidenciais e alguns procedimentos para brasileiros que moram no estado, o pastor Walter Mourisso, procurou a imprensa para explicar que não se deve apenas falar de eleição do presidente. “O nosso Brasil é governador por deputados, senadores, prefeitos, vereadores e não apenas uma pessoa”, disse ressaltando que escolher cada uma destas pessoas é de suma importância.

Em relação ao fato dos brasileiros que moram no exterior não terem direito de votar nos cargos legislativos, ele explica que um voto não se faz apenas na urna. Para Mourisso, quem mora nos Estados Unidos pode se considerar privilegiado, pois tem oportunidades de aprender um pouco mais sobre política e consegue ver o Brasil com outros olhos. “Somente quem está do lado de fora é que percebe os erros de dentro. Desta forma acontece com quem se mudou para este país, pois daqui vemos tudo de errado que antes não víamos”, explica.

O pastor ressalta que é muito importante a participação dos brasileiros nas eleições brasileiras, seja ela presidencial ou para qualquer outro cargo. “Nosso sonho é ver o Brasil caminhar de maneira digna, onde todos os seis cidadãos tenham direito a uma vida justa, como acontece nos Estados Unidos e em outros países”, disse. “Por isso quem mora aqui deve conversar com seus parentes lá, orientá-los, dar dicas de como escolher o candidato certo e quem sabe definir uma eleição que possa mudar os rumos da nossa nação”, continua.

Empolgado em levantar uma campanha para que os brasileiros que moram nos EUA entrem para a história, ele convida a todos para pressionar os seus parentes sobre como saber escolher o candidato certo e não vender o voto. “Milhares de pessoas que moram aqui sustentam os familiares no Brasil e tenho certeza de que eles nos ouvirão”, fala.

A partir desta data, vai circular no facebook e nas mídias locais a campanha “Não voto no Brasil, mas decido o seu futuro”. Nas próximas edições serão publicados mais detalhes sobre este assunto e como participar da campanha.

Fonte: (da redação)