Publicado em 3/03/2014 as 12:00am

Advogada revela chances de voltar aos EUA após deportação

Existe uma chance de voltar viver nos Estados Unidos após a deportação

Por: Advogada Michele Da Silva

 

Advogada de Imigração e Defesa Criminal

 

Como discutimos na semana passada, é muito difícil voltar para os EUA depois de uma deportação. Ter um membro da família para patrociná-lo ou um empregador para patrociná-lo é apenas parte da exigência. Na sua entrevista consular, o oficial vai determinar se você pode receber o visto ou se há alguma coisa no seu passado (no seu record) que lhe faz inadmissível.  Se for determinado que você é inadmissível, isso significa que você não será elegível antes que você receba um "waiver" (perdão).

 

PERDÃO PARA INADMISSIBILIDADE

O perdão é um pedido especial ou um pedido para uma exceção à regra.

Há muitas razões que uma pessoa pode ser inadmissível e exige um perdão para entrar nos EUA. As quatro razões mais comuns são (a) você foi deportado, (b) você tem record criminal, (c) você permaneceu nos EUA ilegal (sem autorização), e (d) você cometeu fraude de imigração.

É importante que você entenda que você vai precisar de um perdão para cada base de inadmissibilidade contra você. Isso significa, por exemplo, que se você reside nos Estados Unidos ilegalmente e também tem convicções criminais, você vai precisar de um perdão para a presença ilegal, bem como um segundo perdão para as convicções criminais. Também é importante que você entenda que nem todas as razões de inadmissibilidade podem ser perdoadas.

No entanto, um advogado de imigração qualificado pode rever o seu caso para e determinar se você precisar de um perdão e se existe um perdão para o seu caso. Meu escritório pode-lhe ajudar ou ajudar sua família para determinar suas chances de voltar para os EUA. Ligue hoje para agendar uma consulta no tel. +1(551)265-4395.

 

INADMISSIBILIDADE BASEADO EM DEPORTAÇÃO

O fato de que você foi deportado e que você saiu dos EUA faz você inadmissível. A regra geral é que se você for deportado, você não será elegível para retornar para os EUA por 10 anos.  No entanto, diferente período de tempo é aplicado dependendo do seu caso atual.

Por exemplo, você não será elegível para voltar para os EUA antes de cinco anos, se você tem uma deportação expedida (deportados sem ver um juiz de imigração, na fronteira, ou em um aeroporto), ou (b) tinha o cartão verde (Green Card) e uma convicção criminal, e você foi posto em processo de deportação quando você voltou de uma viagem ao exterior.

Você não será elegível para voltar para os EUA antes de 10 anos, se você (a)foi ordenou removidos por um juiz de imigração, ou (b) saiu dos EUA enquanto você estava em processos de deportação, ou (c) saiu dos EUA depois que uma ordem de deportação in ausência.

Você não será elegível para voltar para os EUA por 20 anos, se tiver sido deportado dos EUA mais de uma vez.

Você será permanentemente inelegível para voltar para os EUA, se (a) você foi deportado porque você tem uma condenação penal, que é classificado como um crime grave, (b) você foi deportado e, em seguida, tentou reentrar sem permissão, ou (c) você reentrou ou tentou reentrar nos EUA após ter estado previamente nos EUA ilegalmente por um total de mais de um ano.

 

A ESPERANÇA

A boa notícia é que a qualquer momento, mesmo com todas as inelegibilidades citadas acima, você pode solicitar um perdão para retornar aos EUA antes do período especificado. No entanto, o seu pedido provavelmente será mais forte se a alguns anos passarem depois da sua deportação. Mesmos se você tem um período permanente de inadmissibilidade, você poderá aplicar para um perdão depois de10 anos fora dos EUA.

Mas se o seu pedido de perdão for negado, você tem a opção de esperar o tempo específico de 5, 10, ou 20 anos fora dos EUA antes de reaplicar para um visto para voltar para os EUA. A razão é, após dos anos requeridos de espera, você não será mais considerado inadmissível para um visto por aquela razão e você não terá que obter o perdão.  Infelizmente, para aqueles que têm um inadmissibilidade permanente, não há tempo que se pode esperar para que a inadmissibilidade desaparecerá.

No artigo da próxima semana, vou falar sobre a inadmissibilidade por crimes e atividades criminosas e como você, e se você poderá voltar a viver nos EUA.

A advogada Michele Da Silva é a proprietária do escritório de advocacia Da Silva Law Group localizada em 4 Longfellow Place, Boston, MA 02114 e tem escritórios afiliados em Nova York. Ela e sua equipe representam clientes nas áreas de imigração e de defesa criminal. Para mais informações ligue para +1 (551) 265-4395 ou visite seu site  www.LawDaSilva.com

Fonte: (da redação)