Publicado em 12/03/2014 as 12:00am

Boston Globe defende carteira para indocumentados em MA

Boston Globe defende carteira de motorista para indocumentados em MA

O jornal Boston Globe publicou nesta terça-feira (11) um artigo defendendo a liberação da carteira de motorista para todos os residentes de Massachusetts, incluindo os imigrantes indocumentados. No texto, o noticioso aceita a argumentação da oposição que afirma que estas pessoas não estão legalmente no país e por isso não podem ter o documento.

Mas em seguida, o autor lembra que não são apenas os imigrantes indocumentados que estão dirigindo nas estradas, sem treinamento, gerando medo e insegurança para outros condutores de veículos. “As estradas de Massachusetts seriam mais seguras se todos os motoristas cumprissem as normas mínimas de trânsito e passassem por testes”, escreveu.

O artigo acrescenta ainda que os imigrantes estão vivendo no país, são reais e fazem parte ativamente da economia do estado – e ainda dirigem nas vias estaduais. “Massachusetts não pode se dar ao luxo de esperar até que o Congresso ofereça uma solução para o problema”, continua.

O projeto intitulado “The Safe Driving” é de autoria da deputada estadual Tricia Farley-Bouvier e da senadora estadual Patricia Jehlen. Caso venha ser aprovado, ele permitirá que os moradores de Massachusetts possam aplicar para a “Driver´s License” sem a necessidade do Social Security (SS). Esta regra se aplica a imigrantes indocumentados, que precisarão apenas provar que moram no estado, através de contas de água, luz, telefone, entre outros.

Segundo pesquisas, existem cerca de 160 mil imigrantes residentes em Massachusetts que dirigem sem ter passado por um teste ou se quer tem um seguro. “Isso gera riscos potenciais e financeiros para outros condutores que estão dentro da lei”, segundo os defensores do projeto.

O jornal publicou, ainda, que se Massachusetts aprovasse o projeto, estaria seguindo outros estados que já concedem carteira de motorista para indocumentados. O Novo México, que começou a liberar o documento em 2003, tem visto uma redução de 24% de motorista sem carteira e uma queda significativa nas mortes causadas por acidentes de trânsito.

A versão do projeto em Nevada entrou em vigor no início deste ano e aproximadamente 16 mil pessoas se inscreveram para obter a carteira de motorista sem a necessidade do SS.

O artigo do Boston Globo afirmou que “concedendo carteira de motorista para os trabalhadores indocumentados seria uma forma de tirá-los das sombras e os ajudaria a prepara-los para o dia inevitável quando o Congresso finalmente aprovará um programa para trabalhadores convidados”.

Por enquanto, segundo o jornal, o projeto de lei “Safe Driving” é uma medida de segurança pública que todos os residentes de Massachusetts deveriam apoiar.

Fonte: (da redação)