Publicado em 18/03/2014 as 12:00am

Brasileira que morava em Paris é morta quando voltava do trabalho

Brasileira que morava em Paris é morta quando voltava do trabalho


Uma tocantinense foi assassinada a facadas na França, na noite da última quinta-feira (13), quando voltava para a casa dela na rua Olivier-Métra após sair do trabalho, em um supermercado da cidade. Segundo parentes de Katiane Lopes Pires, de 28 anos, a mulher morava na Europa há oito anos com o marido, Gedeão Tadeu Sobrinho, de 34 anos,  com quem teve dois filhos, um menino de sete e uma menina de cinco anos. Ele é o principal suspeito do crime e foi preso na sexta-feira (14), conforme as informações dos parentes de Katiane.

Ainda de acordo com a família, a mulher estava há três meses separada do marido porque ele a agredia. "Ela procurou a polícia lá [em Paris]. Eles tiveram uma audiência e perguntaram para a Katiane se ela queria que ele fosse preso. Ela disse que não porque pensava nos filhos. A única coisa que ela queria era que ele ficasse longe dela", contou uma das primas da vítima, Larissa Nunes de Oliveira.

Katiane chegou a fazer uma postagem em uma rede social, em que dizia: "Já estava escrito. Eu e você não era para sempre. É estranho quando tudo que você pensava que era amor, na verdade era um fogo de palha que rendeu dois preciosos tesouros para gente. Na verdade foi o que fizemos de melhor." Amigos e parentes lamentaram a morte da jovem na publicação.

Fonte: (g1)