Publicado em 19/03/2014 as 12:00am

'Estamos num sinal amarelo', diz ministério sobre setor elétrico

'Estamos num sinal amarelo', diz ministério sobre setor elétrico

O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, admitiu nesta quarta-feira (19) que o governo acendeu o sinal amarelo no setor elétrico por conta da queda no nível de armazenamento dos reservatórios provocada pela falta de chuvas em 2014. Ele voltou a dizer, entretanto, que o sistema está equilibrado e que não há previsão de faltar energia no país.

“Estamos num sinal amarelo [no setor elétrico]? Estamos. Mas estamos olhando passo a passo”, disse Zimmermann a deputados que participam nesta quarta de uma audiência pública na Câmara que debate os riscos de faltar energia no país.

Segundo ele, o governo não vê risco de racionamento de energia no país “a não ser que ocorra seca pior do que aquilo que planejei”, ou seja, que piore muito a quantidade de chuvas nas bacias que abastecem os principais reservatórios de hidrelétricas do país, localizados nas regiões Sudeste e Centro-Oeste.

Nos meses de janeiro e fevereiro, a afluência – quantidade de água que chega às represas – ficou, respectivamente, em 54% e 39% da média histórica nas duas regiões. O índice de fevereiro é o segundo pior para o mês em 84 anos. O de janeiro foi o terceiro pior em igual período. A pouca chuva fez com que os reservatórios do Sudeste e Centro-Oeste atingissem, em fevereiro, o mais baixo nível de armazenamento de água desde 2001, ano em que o governo decretou o racionamento de energia.



Fonte: (da redação)