Publicado em 28/03/2014 as 12:00am

Carta de Direitos das Trabalhadoras Domésticas é aprovada

Carta de Direitos das Trabalhadoras Domésticas é aprovada

A Carta de Direitos das Trabalhadoras Domésticas foi aprovada na Comissão Orçamentária (Ways and Means) na quarta-feira e é prevista ir ao plenário da Assembleia Legislativa de Massachusetts nesta quarta-feira, dia 2 de abril. Esta uma grande vitória para as trabalhadoras domésticas e embora não signifique que o projeto vai ser lei, mostra o interesse dos políticos de andar rápido com a proposta.

A Carta de Direitos vai regular direitos que as trabalhadoras domésticas, principalmente as que trabalham cuidando de idosos, como empregadas domésticas e vivem com os patrões, as faxineiras, governantes e babás que também moram ou passam o dia com a família, hoje não têm. O mais importante é que a Carta de Direitos dará mais dignidade e respeito à uma profissão geralmente relegada ao Segundo plano.

A Carta de Direitos teve sua audiência pública dia 12 de novembro na Comissão de Trabalho, onde foi aprovada e enviada para orçamento para determinar o custo se a lei entrar em vigor. O Governador Deval Patrick já disse que assina a lei quando chegar à sua mesa.

Fonte: (da redação)