Publicado em 30/04/2014 as 12:00am

Relatório afirma que deportações internas estão decaindo

Relatório afirma que volume de deportações internas está decaindo

Um novo relatório do Migration Policy Institute divulgado nessa semana, demonstra números ambíguos sobre o volume de deportação no país, sendo que as deportações internas estão em queda, enquanto as deportações na fronteira estão em alta.

O número de deportações formais na fronteira tem crescido a cada ano desde que Barack Obama assumiu como presidente há mais de 5 anos. No mesmo período também, as deportações internas, de imigrantes que já encontram no país, está em queda pelo quinto ano consecutivo.

Muitos tem chamado Obama de o ‘deportador-comandante’ mas os números mostram que internamente o presidente tem deportado menos do que se tem divulgado na imprensa.

Quase 2 milhões de pessoas foram deportadas nos dois primeiros anos de mandato do presidente Obama, o mesmo número de 8 anos sob o mandato de George W. Bush. O relatório porém, afirma que a queda no número de deportações internas se deu graças a promulgação de leis e ordens executivas que atrasariam ou impediriam processos de deportação de muitos imigrantes, em especial estudantes indocumentados.

Deportações internas cairam da média de 238.000 em 2009, para 133.500 em 2013. Já as deportações na fronteira aumentaram de 135.000 em 2009  para 235.000 em 2013.

Fonte: (da redacao)