Publicado em 12/05/2014 as 12:00am

Participante de programa de TV diz ter matado ex-mulheres

Participante de programa da TV turca confessa ter matado ex-mulheres


Um participante de um programa de namoro na TV da Turquia chocou telespectadores ao revelar que havia matado suas duas ex-mulheres.

Sefer Calinak, de 62 anos, contou que cumpriu penas pelos dois assassinatos e foi libertado após ter sido anistiado.

"Eu sou um sujeito honesto buscando uma nova mulher", disse ele, para o espanto de todos.

Imediatamente após a declaração polêmica, uma das apresentadoras do programa, veiculado pela emissora turca Flash TV, pediu que Calinak deixasse o programa.

O episódio virou manchete dos principais jornais da Turquia.

Calinak explicou que assassinou sua primeira mulher –que também era sua prima– por ciúmes.

Ele disse que depois matou sua companheira seguinte acidentalmente, "quando manuseava um machado".

Entrevistado após o programa, o homem assegurou que não matará a sua próxima parceira.

"As mulheres me deixavam depois que eu lhes dizia que assassinei as minhas esposas anteriores. Mas eu passei 14 anos na prisão [por isso]. Eu mudei", disse ele ao jornal turco Haberturk.

Segundo o diário, a responsável pelo Grupo de Monitoramento da Mídia na Turquia, Hulya Ugur Tanriover, criticou o programa e afirmou que vai apresentar uma queixa oficial contra a emissora.

Ela acrescentou que o histórico criminal dos participantes deveria ser verificado antes da transmissão.

Fonte: (g1)