Publicado em 2/06/2014 as 12:00am

Tetraplégico, brasileiro é abandonado por hospital

Tetraplégico, brasileiro é abandonado por hospital

O brasileiro Carlos Alberto Moraes, 55 anos, foi atropelado há 19 anos e o acidente lhe deixou tetraplégico. Desde então ele vive nos hospitais e clínicas de saúde. Mas a situação dele ficou pior. Isso porque a clínica afirmou que não tem mais condições e o entregou para os pais.

Segundo o mineiro Moisés Moraes, que tem 84 anos de idade, o filho foi levado até o seu apartamento e as pessoas que o entregaram disseram que “se não fosse aberta a porta, o paciente seria deixado no corredor”. A família passa por dificuldades, pois desde setembro do ano passado, devido a idade avançada, o patriarca não consegue emprego. “Eu trabalhava como zelador e hoje não tenho nenhum tipo de renda”, fala bastante emocionado.

A família de Carlos vive de doações de uma igreja e de pessoas anônimas que se solidarizaram com a história. “Eles alegaram que não querem mais o nosso filho no hospital porque não temos documentos. O que vou fazer? Não tenho outra escolha a não ser tentar cuidar dele”, disse a mãe, Maria Geralda, que também tem idade avançada (79 anos).

Os dois não têm condições físicas de cuidar do filho que é totalmente dependente da ajuda de outras pessoas. Os pais estão cuidando desde a higiene básica até a alimentação dele. Mesmo sabendo da idade avançada dos pais, Carlos afirma que não quer mais voltar aos hospitais, “pois sofreu muito durante estes anos”.

 

O CASO

No dia 24 de outubro de 1995, Carlos estava atravessando uma rua na cidade de Miami quando foi atropelado. Depois do acidente o brasileiro ficou sete meses em coma e ao acordar soube de sua condição de tetraplégico. Logo depois, mais um duro golpe. Ele foi abandonado pela esposa, uma cidadã dos Estados Unidos, e viu seu sonho de se tornar um cidadão desmoronar após o pedido de divórcio.

Os pais afirmam que não há como retornar ao Brasil, pois além da idade, eles não possuem mais nada neste país. As pessoas que quiserem ajudar a família, pode fazer qualquer doação para a conta em uma conta bancária aberta em nome de Moisés Moraes, no Bank of America, número 3774028959. Para mais informações é só ligar no telefone (954) 969-1780(954) 969-1780, pois a família precisa também de produtos que ajudem no cuidado do filho.

Fonte: (da redação)