Publicado em 6/06/2014 as 12:00am

Mineiro é encontrado morto em Malden - MA

Mineiro é encontrado morto em Malden

Luciano Sodré

O mineiro de Itabirinha, Geraldo de Andrade, 47 anos, foi encontrado morto na manhã de terça-feira (03), na garagem de sua casa, na cidade de Malden (Massachusetts).  O laudo oficial da morte ainda não foi divulgado pelas autoridades, mas ele foi encontrado pela esposa, enforcado, por volta das 7:00 a.m.

Em uma conversa bastante emocionante, Cristiane de Andrade contou como encontrou o marido e falou de uma campanha organizada para ajudar a cobrir as despesas de funeral e outras contas. “Jamais imaginei que iria passar por isso”, disse.

Geraldo era uma pessoa bastante alegre e tinha muitos amigos. Ele residia nos Estados Unidos há mais de 20 anos e estava casado com Crsitiane desde 2000. O mineiro trabalhava para a distribuidora de alimentos Cara Donna, localizada na cidade de Braintree (MA) e seu turno era na parte da noite. “Sempre que eu estava saindo para trabalhar ele estava chegando do serviço”, conta a esposa.

Foi justamente assim que ela encontrou o corpo do marido. Cristiane conta que estava saindo para trabalhar e quando abriu a garagem viu o marido. Imediatamente correu para chamar o seu pai, que mora com eles, e ligou para o número de emergência (911). “Meu pai tentou ajudar a tirar ele e evitar o pior, mas ele já estava morto”, continua.

Cristiane é natural de Goiás e tem dois filhos com Geraldo, ambos nascidos nos Estados Unidos. O mineiro deixa também uma filha de seu primeiro casamento, também cidadã deste país. O casal morava em Malden desde 2005.

A esposa ressalta que o marido não apresentava problemas e que estava sempre sorrido.  “Ainda não entendi os motivos que o levaram a fazer isso”, disse.

O velório vai acontecer no sábado (07), das 5:00 p.m. às 9:00 p.m., na cidade de Abington (MA), no endereço: 116 Adams Street (Quealy and Son Funeral Home).

 

CAMPANHA

A morte de Geraldo pegou a família de surpresa e Cristiane que terá que arcar com despesas do funeral e algumas contas deixadas pelo marido (luz, gás, aluguel, etc). Ela ressalta que mesmo trabalhando, não tem condições de arcar com tudo e pede ajuda da comunidade para conseguir cumprir com os compromissos.

Um tio de Geraldo, que mora na região do South Shore abriu uma conta no Bank of America de número 004645247428. As pessoas que desejarem fazer doações de qualquer valor pode procurar uma agência do banco. “Está sendo muito difícil, mas graças a Deus estou recebendo a ajuda dos familiares e amigos para suportar este momento,” finaliza.

 

Fonte: (da redação)