Publicado em 11/07/2014 as 12:00am

Professora da UAB é nomeada cônsul honorária do Brasil no Alabam

Isabel é defensora de benefícios para imigrantes no estado, principalmente na área de saúde

Nascida no Paraná, onde se graduou em Psicologia, Isabel Scarinci ocupa o cargo de professora adjunta na “University of Alabama at Birmigham” (UAB), na divisão de Medicina Preventiva. Ela foi nomeada Cônsul-Honorária do Brasil para o estado do Alabama. Segundo o porta-voz da universidade, Tyler Greer, a nomeação partiu do Departamento de estado dos Estados Unidos, sob a aprovação do Governo brasileiro.

A brasileira explica que “essencialmente, o seu papel será o de servir como uma extensão do Consulado-Geral do Brasil em Atlanta (Georgia)”, para oferecer um melhor serviço aos cidadãos brasileiros do Alabama. Ela ressalta que também tem como objetivo estreitar os laços entre este estado e o Brasil, nas áreas de negócios, economia, educação, artes culturais entre outras.

O Consulado-Geral do Brasil em Atlanta disse que o nome da brasileira foi aprovado de imediato devido ao seu trabalho em defesa dos direitos à saúde para imigrantes no Alabama. De acordo com um comunicado emitido pelo órgão, Isabel tem várias realizações notáveis, entre elas a luta para controlar ou acabar com o uso do tabaco entre os imigrantes latinos e afro-americanos.

Por mais de uma década, a brasileira implementou um programa para fornecer a baixo custo ou gratuitamente exames de câncer de mama e colo do útero, além de acompanhamento e tratamento para imigrantes latinos em seu estado. Mais de duas mil pessoas foram agraciadas com este trabalho.

Em janeiro deste ano, ela e outros pesquisadores da UAB publicaram um artigo no American Journal of Public Health, onde criticam e mostram o quanto a lei “House Bill 56”, aprovada em 2011, é prejudicial para a comunidade, pois ela impede que famílias imigrantes tenham acesso à saúde.

A brasileiro é bastante ativa na região, tendo participado de vários conselhos sem fins lucrativos, incluindo o “Way of Central Alabama”. Ela foi homenageada com o “2007 UAB Odessa Woolfolk Community Service Award”, por seus esforços e dedicação em prol da comunidade. (texto: Luciano Sodré)

Fonte: Redação Brazilian Times