Publicado em 5/09/2014 as 12:00am

Incêndio deixa mais de 40 brasileiros desalojados em Allston

Um forte incêndio que aconteceu na tarde desta quarta-feira (03), na cidade de Allston (Massachusetts) deixou 54 pessoas desalojadas, das quais pelo menos 40 são brasileiros.

 Um forte incêndio que aconteceu na tarde desta quarta-feira (03), na cidade de Allston (Massachusetts) deixou 54 pessoas desalojadas, das quais pelo menos 40 são brasileiros. Segundo informações de Steven MacDonald, diretor de mídia do Corpo de Bombeiros, o fogo começou na parte de trás de um prédio localizado no 12 Harvard Terrace e se espalhou rapidamente.

Acredita-se que o incêndio tenha começado por volta das 17 horas e demorou cerca de quatro horas para que as chamas fossem controladas. Nesta operação foram utilizados sete carros de bombeiro, alguns veículos de apoio, viaturas policiais. Para garantir a segurança das pessoas, a Harvard Avenue foi fechada entre a Cambridge Street e a Bridghton Avenue.

MacDonald disse que 15 pessoas foram alojadas em um abrigo improvisado nas proximidades da Jackson-Mann School. Eric Rosales, que morava no primeiro andar do edifício disse que tinha perdido tudo e apontou para as roupas do corpo: “Isso é tudo, cara. Isso é tudo que me resta”.

Steven McHugh, vice-superintendente do Boston Emergency Medical Services, informou que oito pessoas sofreram lesões e quatro foram conduzidas para hospitais locais. “Felizmente nenhum deles apresentou ferimentos graves e nem corre risco de morte”, afirmou.

O prefeito de Boston (MA), Marty Walsh, estava presente no local e parabenizou a equipe de bombeiros e resgate. “Eles conseguiram conter o fogo sem haver vítimas e fizeram um trabalho incrível. Foi muito difícil, mas graças a Deus todos estão bem e seguros”, continuou.

A parte da frente do edifício ficou intacta, mas a parte de trás ficou totalmente destruída pelo fogo. MacDonald disse que parte do telhado desmoronou e que uma viatura dos bombeiros ficou no local a noite toda para o caso do fogo reacender e também para manter o acesso ao prédio.

As vítimas ainda não sabem o prejuízo material que tiveram, mas os inspetores e investigadores estimam que os danos causados ao prédio cheguem à US$2 milhões.

Os brasileiros perderam aparelhos de TV, camas, sofás, móveis, utensílios de cozinha e roupas, tanto de cama quanto de uso pessoal. Entre as vítimas havia várias crianças na faixa etária de dois a cinco anos, bebês de colo, e adolescentes. A prioridade agora é encontrar abrigo para estas famílias, além de doações de roupas e outros bens.

A Pastora Cida Correia, uma das voluntárias para ajudar as vítimas, conversou com a redação do Brazilian Times e contou um pouco mais sobre o caso. Segundo ela, além dos que foram alojadas na escola, a maioria das pessoas foi acolhida por parentes e amigos. “Eles estão alojados provisoriamente até encontrarem outro local para morar”, disse. “A maioria das vítimas é de Minas Gerais”, continua.

Cida acrescenta que as vítimas precisam de todo tipo de ajuda. O endereço para a entrega das doações é 22 Charlemont Street, Newton (MA). Mais informações podem ser obtidas através do telefone (508) 662-0074, e falar com a própria pastora. As ajudas também podem ser levadas até a Igreja MIRA-BOSTON.

O Grupo Mulher Brasileira também de dispôs a ajudar e ofereceu um espaço, no domingo (07), durante o Festival da Independência para que as pessoas possam fazer suas doações. Para mais informações é só ligar nos telefones (617) 202-5775 ou (617) 838-1938.

Outras pessoas entraram na campanha e disponibilizaram os seus contatos para quem quiser ajudar:

156 Summer Street, Watertown (MA)

Priscila Pastor (857) 206-5808


9 Wellington Avenue, Everett (MA)

Monalisa (857) 247-9633


63 Carey Avenue, apartamento 4, Watertowm (MA)

Lorena (617) 756-6357

Igreja Católica de Allston

Fonte: Da Redação do Brazilian Times | Texto de Luciano Sodré

Top News