Publicado em 19/09/2014 as 12:00am

Mineiro comete suicídio na Rota 287

atural de Belo Horizonte, (Minas Gerais), o empresário Max Medeiros morreu na manhã desta terça-feira (16), depois de caminhar na Rota 287, em direção aos veículos.

Natural de Belo Horizonte, (Minas Gerais), o empresário Max Medeiros morreu na manhã desta terça-feira (16), depois de caminhar na Rota 287, em direção aos veículos. Ele residia em Hoboken (New Jersey) e foi atropelado por um caminhão baú. O brasileiro morreu instantaneamente e os investigadores ainda não informaram os motivos que o levaram a entrar em uma rodovia tão movimentada em horário de pico.

O porta-voz da polícia estadual, Greg Williams, informou que o acidente aconteceu depois que o brasileiro parou o seu carro, desceu e começou andar em direção aos veículos. “O caminhoneiro tentou evitar que o veículo acertasse Medeiros, mas não conseguiu”, disse. Após o acidente, o condutor do veículo parou imediatamente e ligou para o 911 (chamada de emergência).

Quando o resgate chegou ao local, o corpo de Medeiros estava caído ao chão, na pisa central da rodovia. Os paramédicos afirmaram que o brasileiro não tinha sinais vitais e que morreu no local do acidente, por volta das 10:52 a.m. Ele foi levado para o Saint Clare´s Hospital, em Denville (New Jersey).

Os investigadores fecharam a pista, causando um longo congestionamento por cerca de 30 minutos, e ouviram várias testemunhas. Uma delas relatou que viu quando Medeiros parou o seu Jeeo no lado direito da pista e caminhou até o centro, sem se preocupar com os veículos que vinham em alta velocidade.

Nenhuma acusação foi apresentada contra o motorista do caminhão, mas o acidente permanece sob investigação.

Fonte: Da redação