Publicado em 29/09/2014 as 12:00am

Brasileiro é empossado como oitavo Bispo em Fall River

Edgar Moreira da Cunha assume a Diocese de Fall River e é o primeiro bispo brasileiro

Na quarta-feira, dia 24, o brasileiro Edgar Moreira da Cunha assumiu a Diocese de Fall River, tornando-se o oitavo Bispo a ser empossado no cargo. A abertura da cerimônia de posse teve início com o “All Are Welcome”, uma música que retrata os ideais dele que é unir a todos.

Durante a homília, na St. Mary of the Assumption Cathedral que estava cheia de padres, autoridades, representantes de grupos inter-religiosos e comunitários, e dezenas de bispos aposentados e em atividade, Cunha destacou a diversidade, dizendo que a Igreja Católica precisa ser um lugar “onde todos se sintam bem-vindos”, independente de sua nacionalidade, cultura ou raça.

Ele afirmou que “devem acolher aqueles que se sentem alienados da igreja” e quem sofrem à procura de cura. O brasileiro acrescentou que espera ver as pessoas vivendo em harmonia, apesar das diferenças, inclusive as opiniões religiosas. “Nossas diferenças culturais, os nossos diferentes estilos de devoção e espiritualidade, até mesmo os nossos pontos de vistas teológicos ou eclesiais, jamais pode nos dividir. Pelo contrário, eles devem ser um motivo para comemorar a nossa diversidade, que enriquece a todos nós como igreja”, disse.

Os temas abordados por Edgar combinam o tom do discurso que o Papa Francisco tem enfatizado desde que assumiu o cargo, em 2013. “Ele quer bispos envolvidos diretamente com os fiéis e não apenas defensores ideológicos e culturais”, afirma.

O brasileiro foi nomeado pelo Papa para assumir a Diocese de Fall River no dia 03 de julho. Até então o brasileiro era auxiliar na região de Newark, em New Jersey. “Parece que nosso novo Bispo quer ver as pessoas unidas e celebrando as diversidades e diferenças religiosas, culturais e nacionalidades. Acho isso incrível”, disse Lydia Costa, uma paroquiana da Igreja Espírito Santo, em Fall River.

Maria Torres, um paroquiano na Igreja Saint Mary, em Taunton, ressaltou que Edgar é uma bênção para a comunidade latina e que ele é um homem multicultural. “É disse que precisamos”, disse.

O bispo Egdar tem 61 anos de idade e se mudou para os Estados Unidos quando era seminarista, aos 24 anos. Ele recebeu elogios por parte do prefeito da cidade, Will Flanagan, que destacou a vontade do brasileiro em unir as pessoas. "Eu quero dar as boas-vindas ao bispo da Cunha em nome de todos os nossos cidadãos e estou ansioso para trabalhar em estreita colaboração com a diocese na melhoria da qualidade de vida do nosso povo", disse o político.

Em sua preleção, o brasileiro prometeu usar “todos os dons que Deus lhe deu para para atender as pessoas e o fazê-lo com fidelidade e alegria”. Edgar também citou a Carta de São Pedro, em que o primeiro bispo de Roma exortou os cristãos a serem hospitaleiros uns aos outros sem se queixar. "Esse é o meu sonho para todos, inclusive o povo de Deus da Diocese de Fall River", conclui.

Fonte: Da redação