Publicado em 18/03/2015 as 12:00am

Brincadeira entre crianças pode ter causado a morte do Raul

Segundo familiares, a morte do jovem pode ter sido causada por uma brincadeira que teria terminado em tragédia. A hipótese de suicídio ainda não está descartada, mas a polícia ainda não liberou o laudo oficial

De acordo com parentes do jovem brasileiro Raul Massacessi de apenas 14 anos, a morte do garoto pode ter sido causada por uma brincadeira que terminou em tragédia entre crianças, descartando a possibilidade de suicídio. A morte do garoto, neste sábado (14), em Lowell- MA, comoveu toda a comunidade brasileira, que ainda procura respostas para a tragédia.

De acordo com familiares do garoto, o menino era muito alegre, era sorridente e sempre brincava com seus amigos e familiares. De acordo com uma tia: “ele não sofria depresão. Era um menino super extrovertido e alegre”.

Segundo um outro parente de Raul, o menino brincava com duas irmãs e queria dar um susto nelas, quando a fatalidade teria ocorrido. Segundo testemunho familiar, o menino teria colocado uma corda em volta do pescoço que estava pendurada no alto e subido em cima de algum móvel para fingir que estava morto, na tentativa de aterrorizar as outras crianças. Entretando, durante a brincadeira ele teria perdido o controle da situação e foi quando a tragédia aconteceu.

O BT também entrou em contato com a delegacia de polícia da cidade de Lowell e até o momento nenhuma informação pode ser disponibilizada oficialmente, até que a investigação do caso seja concluída.

Em razão da tragédia e de outras 3 mortes na comunidade causadas por suicídio, um grupo chamado “Depressão” foi formado pela ativista Sue O’Brien, que oferecerá assitencia para aqueles que tiverem pensamento suicidas e estiverem enfrentando depressão. “Quem quiser poderá ligar anonimamente, expor seus problemas e nós daremos conselhos e um apoio amigo” afirma ela. Ela ressalta que o objetivo do grupo é prever tipos de fatalidades e evitar que mais pessoas tirem suas próprias vidas. A princípio, o “Depressão” terá sua sede no escritório de Sue O´brie (OBTS), em Revere (MA), e esta semana acontecerá a primeira reunião. “Mas temos intenção de pedir ajuda da prefeitura, principalmente a doação de um local para sede fixa”, explica.

Uma campanha conseguiu levantar US$15 mil que serão utilizados para custear as despesas de funeral. Até o fechamento dessa edição, a data do velório não tinha sido divulgada pelos familiares do jovem Raul.

Fonte: Da Redação