Publicado em 22/04/2015 as 12:00am

Amigos se unem para ajudar brasileiro que perdeu a esposa em incêndio

O brasileiro Carlos Consoni, uma das vítimas do incêndio que destruiu uma casa em Nashua (New Hampshire), na semana passada, recebeu alta nesta terça-feira (21).

O brasileiro Carlos Consoni, uma das vítimas do incêndio que destruiu uma casa em Nashua (New Hampshire), na semana passada, recebeu alta nesta terça-feira (21). Ele estava internado desde o dia 13, quando o apartamento onde ele morava com a esposa e três filhos foi consumido pelo fogo. Para salvar o filho caçula, ele o segurou e pela janela do segundo andar, sofrendo fraturas nas costelas.

Agora, o catarinense de Cocal do Sul vai iniciar uma nova etapa de sua vida, pois a esposa Maria Barriga Consoni, morreu durante o incêndio, deixando-o com três filhos. Os amigos e familiares se uniram para ajudá-lo. Neste domingo, após a alta, o brasileiro participou da cerimônia de funeral de sua esposa.

Os filhos do casal, 15, 10 e 5 anos de idade, sofreram apenas ferimentos leves e não correm risco de morte. A família perdeu tudo e desde o primeiro dia da tragédia, a comunidade se uniu para ajudar. Pessoas estão indo doar pessoalmente, outros estão acessando o site do Go Fund Me para fazer as doações. O objetivo é arrecadar US$30 mil, e até o fechamento desta edição, já foram levantados cerca de US$4,500.00. Este dinheiro será destinado para a compra de comida, vestuário e itens básicos para casa. O endereço do site é www.gofundme.com/s25va2g.


O INCÊNDIO

A tragédia na vida do brasileiro começou na segunda-feira (13), com um incêndio que culminou no falecimento da colombiana Maria Barriga Consoni, de 37 anos, esposa dele. As autoridades informaram que a causa da morte foi acidental em decorrente de inalação da fumaça. Os investigadores ainda não definiram a origem do fogo, mas acredita-se que tenha iniciado na varanda e se espalhado para o interior do prédio.

A produtora de eventos e ativista social Márcia Pretto, acompanhou o caso de perto e todos os dias visitou o brasileiro no Mass General Hospital, em Boston (Massachusetts). “Apesar de tanta tristeza, ele se mostrou feliz pela união da comunidade e as orações de todos em prol de sua família”, fala.

Fonte: Da Redação