Publicado em 27/04/2015 as 12:00am

Vídeo de brasileiro humilhando compatriota na rua gera revolta

Durante a discussão, o brasileiro disse que falava inglês e tinha "papel"

Um vídeo que tomou conta das redes sociais neste final de semana mostra um brasileiro aparentando ter pouco mais de 20 anos idade brigando com outro brasileiro com idade média de 50 anos. A briga poderia se tornar mais um incidente comum, mas repercutiu pelo fato com o jovem conduziu a discussão. Ele dizia que “sabia falar inglês e que tinha documentos dos Estados Unidos”, tentando humilhar e menosprezar o seu oponente.

Quando o vídeo chegou às redes sociais, logo gerou uma revolta muito grande por esta atitude, considera por muitos de covarde e preconceituosa. O rapaz vestia uma camisa do Corinthians e a briga aconteceu em frente a um estabelecimento brasileiro. A redação do Brazilian Times pesquisou para saber o local exato, mas as várias pessoas que disse conhecer os envolvidos se negaram a falar.

Uma delas citou apenas que o acontecido foi em Mount Vernon (New York). Mas enquanto isso, o vídeo vai se tornando um viral e gerando mais revoltas. Algumas pessoas comentaram que a atitude mancha a imagem da comunidade brasileira e outros reclamam pelo fato de uma “pessoa arrogante e preconceituosa conseguir documentos e milhares de trabalhadores humildes não têm esta oportunidade”.

A redação do Brazilian Times descobriu que o senhor que aparece no vídeo é Lázaro Sousa, que mora em Mount Vernon, e tem 55 anos de idade. Ele é natural de Botelhos (Minas Gerais) e é mais conhecido pelo apelido de “Nego”. Até oi fechamento desta edição, o outro envolvido não foi identificado, mas também mora em Mount Vernon.

O radialista Leandrinho, bastante conhecido na comunidade brasileira em Massachusetts, foi uma destas pessoas que se mostraram indignados com a situação. Segundo ele, “foi Parte inferior do formuláriotriste ver o vídeo e nada justifica alguém humilhar as pessoas desta forma. Falta de respeito em todos os sentidos. Digo mais, essa espécie de ser humano, que eu considero insignificante, está se reproduzindo cada vez mais por aqui”.

Veja o vídeo no link:

https://www.facebook.com/cleverson.santos.925059/videos/vb.100006379805474/1629006870655291/?type=2&theater

Outras pessoas se revoltavam pelo fato dele querer agredir uma pessoa que tinha idade para ser pai dele. A falta de respeito e maneira como jovem gritava no gosto da outra pessoa foi algo que revoltou a todos.

Fonte: Da Redação